• Campo Grande, Sábado , 18 de Abril - 2015
ed

Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Deputado convida empreiteiros presos a dar ideias para aumentar transparência em obras

  • Divulgação/Arquivo

    Marun: o autor do convite genial


Comente ()
  • Compartilhe

Ex-craque revela que vendeu medalha da Copa de 70 para comprar cocaína

  • Globo/Divulgação

    Caju em entrevista a Jeneton Moraes Neto na GloboNews


Comente ()
  • Compartilhe

Um partido para tempos de guerra

  • Imagem e foto Articulação de Esquerda do PT/Reprodução

    Um partido para tempos de guerra

Comente ()
  • Compartilhe

Jair Bolsonaro anuncia no Facebook: virá a Campo Grande receber medalha da PM

  • Facebook/Reprodução

    Em comunicado no Facebook, Bolsonaro promete vir a MS


Comente ()
  • Compartilhe

Direção da Câmara espera relato oficial sobre caso de extorsão contra vereador na Capital

  • Fotos Izaias Medeiros/Câmara de CG e Facebook/Reprodução

    Mário César aguarda pronunciamento oficial sobre caso envolvendo Robson e Alceu


Postado por Marco Eusébio , 18 de abril de 2015 às 14:00 - em: Principal

"O que tiver de ser feito vai ser feito. O delegado afirmou que vai se pronunciar após o feriado e vamos esperar. Se tiver alguma coisa contra o decoro parlamentar, teremos de tomar providências", me disse neste sábado o vereador Mário César (PMDB), presidente da Câmara de Campo Grande, sobre as prisões do ex-vereador Robson Martins e do promotor de eventos Luciano Roberto Pageu, na quinta-feira, acusados de tentar extorquir dinheiro do vereador Alceu Bueno (PSL). 
 
Luciano e Robson Martins (que em 2003 renunciou ao mandato de vereador com César Disney após serem detidos sob acusação de envolvimento em outro caso de pedofilia) são acusados de aliciar duas menores, ambas de 15 anos, para que se envolvessem sexualmente com pessoas públicas e tirassem fotos com celular para que pudessem extorquir dinheiro. 
 
Alceu Bueno, de quem a dupla teria exigido R$ 100 mil, afirma que denunciou o caso a polícia, que armou o flagrante no hipermercado Walmart. "Os bandidos tentaram me envolver e denunciei à polícia. Chamei o delegado e prendemos eles com a boca na botija. Isso prova que não há envolvimento meu. Se não, não teria mandado prender os caras", me disse hoje, por telefone, o vereador.
 
Dentre os alvos do esquema de extorsão, estariam outros políticos, incluindo um ex-deputado. O delegado Paulo Sérgio Lauretto, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), informou à imprensa que só na quarta-feira, depois do feriado, dará declarações sobre o caso.
 

Comente ()
  • Compartilhe

Mercado de cervejas

  • Ilustração

    Mercado de cervejas

Comente ()
  • Compartilhe