Campo Grande, Domingo , 18 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: obituario

Wilson Barbosa Martins (1917-2018)

Postado por Marco Eusébio , 13 Fevereiro 2018 às 11:30 - em: Principal

O governador Reinaldo Azambuja decretará luto oficial de três dias no Estado, devido ao falecimento hoje do ex-governador Wilson Barbosa Martins, aos 100 anos, em Campo Grande. A publicação será feita amanhã no Diário Oficial. O velório será no salão do Parque de Convenções Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes.

A previsão é que o rito comece às 15 horas para a família e amigos e depois deve ser aberto à população. Como a família espera a chegada de um filho que mora no Rio de Janeiro, o sepultamento é previsto para amanhã, ainda sem horário confirmado, no cemitério Parque das Primaveras, informa a TV Morena.

O ex-governador André Puccinelli (MDB), ao lamentar o falecimento de seu correligionário Wilson Martins, escreveu no Facebook: "Quem fez da democracia seu Norte e da luta pela igualdade a razão de viver eterniza-se entre nós com líder. Dr. Wilson Barbosa Martins não nos deixa, pois seu legado de cidadão, chefe de família e político estará conosco a nos orientar sempre".




Wilson Barbosa Martins (1917-2018)

Postado por Marco Eusébio , 13 Fevereiro 2018 às 09:30 - em: Principal

Morreu aos 100 anos hoje, em Campo Grande, Wilson Barbosa Martins, primeiro governador eleito de Mato Grosso do Sul, em 1982, estado que governou por duas vezes. Nascido em 21 de junho de 1917 na Fazenda São Pedro, região da Vacaria, em Sidrolândia, na época distrito rural de Campo Grande, formou-se em Direito na Faculdade do Largo de São Francisco, em São Paulo, e teve como colegas Ulysses Guimarães, José Fragelli, entre outras figuras ilustres. Em 1946, exerceu foi secretário-geral da Prefeitura de Campo Grande, na gestão do prefeito Fernando Correa da Costa. Em 1958, foi eleito prefeito da cidade. Filiado à UDN, foi eleito deputado federal pelo estado do antigo Mato Grosso uno em 1963. com o bipartidarismo, ajudou a fundar o MDB, pelo qual foi reeleito ao cargo em 1966 e depois cassado pelo Ato Institucional número 5 (AI5) em 7 de fevereiro de 1969, tendo os direitos políticos suspensos por 10 anos, até voltar à política e se tornar o primeiro governador eleito do novo estado. Casado com Nelly Martins (in memoriam), teve três filhos: Nelson, Thaís e Celina.  O local do velório ainda não foi divulgado.




Coronel Geraldo Garcia Orti (1956-2018)

Postado por Marco Eusébio , 07 Fevereiro 2018 às 13:20 - em: Principal

Faleceu aos 61 anos em Campo Grande, na noite anterior, o ex-comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Geraldo Garcia Orti, que estava internado no Proncor com pneunomia. O coronel Orti, que atualmente era assessor na coordenadoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do estado (TJ-MS), comandou a PM de 2007 a 2009, depois de ter sido comandante do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), de 2003 e 2007. O corpo está sendo velado no Palácio Maçônico Grande Oriente do Brasil (Rua São Félix, 789, Bairro Vilas Boas) e será sepultado às 16h30, no cemitério Memorial Park, no Bairro Universitário. Em nota, o atual comandante-geral da PM, coronel Waldir Ribeiro Acosta, externou seu pesar por Orti e destacou sua “brilhante carreira, marcada por muito esforço e dedicação ímpares em prol da Segurança Pública e pelo intenso combate à criminalidade". Leia aqui no site da PM.




Oswaldo Loureiro na telenovela 'Uga Uga' de TV Globo no ano 2000

Postado por Marco Eusébio , 03 Fevereiro 2018 às 14:30 - em: Principal


Eva Todor ao completar 95 anos, em 2014, durante entrevista à Globo em sua casa no Rio

Postado por Marco Eusébio , 10 Dezembro 2017 às 11:15 - em: Principal

Morreu aos 98 anos neste domingo a atriz Eva Todor, em sua casa, no Rio de Janeiro, onde vivia reclusa desde que recebeu o diagnóstico de Mal de Parkinson há alguns anos. Afastada da TV desde a novela Salve Jorge, da TV Globo, em 2012, ela havia sido internada com pneumonia em março deste ano. Sua última aparição foi em novembro de 2014, quando foi homenageada por amigos artistas no Teatro Leblon. 
 
Nascida na Hungria e radicada no Brasil, Eva Fódor Nolding começou a  atuar ainda menina no teatro como bailarina e brilhou nos palcos na década de 1930. Na época adotou Todor, versão aportuguesada de seu sobrenome. Estreou no cinema na década de 60, no filme Os Dois Ladrões, de Carlos Manga, ao lado de Oscarito. No ano seguinte, foi contratada pela TV Tupi. 
 
Eva estreou na TV Globo em 1977, na novela Locomotivas, de Cassiano Gabus Mendes, e atuou em várias outras novelas, minisséries e seriados da emissora. Em depoimento ao site Memória Globo (veja aqui), a atriz fez um balanço extremamente positivo da própria carreira: "Posso ser vaidosa? Pretensiosa? Avalio minha carreira brilhante: longa, sem tropeços, sem desastre, contínua, respeitada, com prestígio aqui e além-mar", disse. Era viúva e não tinha filhos.



Simbolo de elegância, Carmen Mayrink Veiga ao posar para fotos em sua casa e em capas de revistas internacionais

Postado por Marco Eusébio , 04 Dezembro 2017 às 12:20 - em: Principal


Site do jornal italiano Corriere Della Sera divulga hoje foto do ex-poderoso chefão da máfia siciliana e de parte de suas vítimas

Postado por Marco Eusébio , 17 Novembro 2017 às 11:00 - em: Principal

Um dia depois de completar 87 anos, morreu hoje o ex "chefe dos chefes" da máfia siciliana Toto Riina, que lutava contra um câncer e estava em coma induzido há vários dias na unidade carcerária do hospital de Parma, no norte da Itália. Conhecido como "A Fera", Riina nasceu em uma família pobre de camponeses em Corleone e com apenas 16 anos ingressou na máfia. Soldado fiel do líder mafioso Luciano Liggio desde os anos 50, escalou todos os degraus da Cosa Nostra até substituir o chefe em 1974, espalhando o terror na Sicília. Também conhecido como "U Curtu" (O Pequeno) por sua baixa estatura (1,58 metro), estava condenado a 26 penas de prisão perpétua acusado de mais de 150 assassinatos desde os anos 70, incluindo entre as vítimas os juízes de combate à máfia Giovanni Falcone (1992) e Paolo Borsellino (1993). Também articulou atentados que deixaram 10 mortos em Roma, Milão e Florença em 1993.




Márcia Cabrita vivendo a empregada Neide, um de seus mais marcantes personagens, em A Grande Família

Postado por Marco Eusébio , 10 Novembro 2017 às 12:15 - em: Principal

Morreu aos 53 anos nesta sexta-feira a atriz Márcia Cabrita, no Hospital Quinta D'Or, no Rio de Janeiro, em decorrência de um câncer no ovário diagnosticado em 2010. Artistas, fãs e amigos lamentam a morte nas redes sociais. Márcia Cabrita iniciou na TV Globo em 1992 na minissérie As noivas de Copacabana, interpretando a personagem Adelaide. De 1993 a 1995, participou do humorístico Os Trapalhões e alcançou maior notoriedade em 1997 quando entrou para o elenco de Sai de Baixo, vivendo a personagem Neide. Atuou em mais de 20 projetos da Globo, entre novelas e seriados, como Sítio do Pica-pau amarelo, Sob Nova Direção, Sete Pecados, Beleza Pura, A Grande Família, Morde & Assopra e a novela Novo Mundo, da qual se afastou para cuidar da saúde.




Ruiter Cunha de Oliveira, que faleceu por complicações pós-cirúrgicas no Proncor de Campo Grande hoje

Postado por Marco Eusébio , 01 Novembro 2017 às 12:00 - em: Principal

Morreu aos 53 anos no início da madrugada de hoje o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PSDB), por complicações pós-operatórias, no Proncor de Campo Grande, onde foi submetido a uma cirurgia cardíaca de emergência ontem por causa de uma dissecção aguda da aorta. Fiscal de renda do Estado, Ruiter estava no primeiro ano de seu terceiro mandato em Corumbá, passou mal na manhã de segunda-feira e teve de ser levado de UTI aérea para a Capital, onde acabou não resistindo à cirurgia.  e deixa a mulher e dois filhos. O vice Marcelo Iunes (PTB) foi empossado nesta manhã como novo prefeito de Corumbá. O corpo será velado nesta tarde no Corumbaense Futebol Clube e o sepultamento será no Cemitério Santa Cruz, informa a assessoria municipal da cidade.




Ruth Escobar em foto de 1999 - portuguesa que se tornou um dos principais nomes do teatro brasileiro

Postado por Marco Eusébio , 05 Outubro 2017 às 18:32 - em: Papo de Arquibancada