Campo Grande, Quarta-Feira , 24 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: psc

Presidenciável da direita e o petista Paulo Pimenta afirmam no Twitter que ataques à Bolsonaro visam eleger Alckmin

Postado por Marco Eusébio , 12 Janeiro 2018 às 14:00 - em: Principal

Adversários, os deputados Jair Bolsonaro (RJ) e Paulo Pimenta (RS), líder do PT na Câmara, concordam em uma coisa. Sobre a "guerra" da Folha com o presidenciável de direita, ambos postaram nas redes sociais que os ataques visam ajudar a eleger o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) como sucessor de Michel Temer. 
 
Bolsonaro, entre outras postagens no Twitter, exibiu imagem extraída do Facebook do tucano dizendo que Alckmin é o "pré-candidato preferido dos leitores da Folha" e escreveu: "Só não entende quem não quer! Extraído do FaceBook do próprio Governador. Parabéns Folha de São Paulo pela força ao seu patrão."
 

Paulo Pimenta, também no Twitter, disparou: "Não se iludam com a grande mídia atacando Bolsonaro. Sua verborragia criminosa de extrema-direita é notória há mais de 20 anos e o atacam agora não por combater racismo, homofobia, misoginia ou xenofobia, mas para que ele não atrapalhe os tucanos nas #eleições2018"

Vejam as postagens abaixo:




Pedro Chaves ao Blog: 'Achei que o 'sim' era para suspender a pena; me equivoquei e retifiquei o voto para 'não'

Postado por Marco Eusébio , 19 Outubro 2017 às 17:30 - em: Principal

Repercute em Campo Grande via WhatsApp vídeo da rádio Jovem Pan em que o analista político Augusto Nunes diz que Pedro Chaves, líder é único senador do PSC, recomendou à sua bancada voto em favor da decisão do STF que afastava Aécio Neves do mandato e depois votou contra sua própria recomendação, aprovando o retorno do mineiro ao Senado. Indagado sobre o assunto, o senador Pedro Chaves respondeu hoje via WhatsApp ao Blog: 
 
"Caro Marco Eusébio,
 
Se o Senado aceitasse o afastamento de Aecio, como havia ordenado a turma do STF, estaria aplicando pena antes que fosse ditado o veredicto. Por lado, na votação eu declarei sim, achando que o 'sim' era para suspender a pena. Quando vi que havia equivocado, retifiquei o voto para 'não'."



Jair Bolsonaro e Adilson Barroso fazem com as mãos o número 51 do PEN, que deve mudar de nome

Postado por Marco Eusébio , 31 Julho 2017 às 12:00 - em: Principal

 
O presidente do PEN disse que o deputado já chega como pré-candidato ao cargo de presidente. "A candidatura já era nata. A gente até precisa de uma candidatura assim. Para mim o que surpreendeu é que ele não exigiu muita coisa o que exigiu, na verdade pediu, foi que tivesse a possibilidade ser candidato presidente". Barbosa afirmou que Bolsonaro escolheu a legenda por ser uma das poucas não envolvidas na Operação Lava Jato. "Participamos de duas eleições, em 2014 elegendo 17 deputados e um suplente e, em 2016 fizemos três vezes mais que a Rede de Marina Silva: 524 vereadores 14 prefeitos mais de 30 vices", comemora. 
 
Ao jornal O Estado de S.Paulo, Bolsonaro disse que o ingresso no PEN está 99% acertado. "É um noivado nota 10. Estamos, inclusive, estudando a mudança do nome do partido. Em poucos dias devemos selar esse casamento", declarou o presidenciável, que no fim de semana até já posou no fim de semana para fotos ao lado d e Adilson Barbosa, como a acima em que ambos aparecem fazendo o número 51 da sigla com as mãos. Em MS, o presidente estadual do PEN, Lídio Lopes, já declarou que o ingresso de Bolsonaro pode dar "força" ao partido (leia aqui).



Bolsonaro é um nome de expressão que pode dar força ao partido, diz presidente estadual do PEN em MS Lídio Lopes

Postado por Marco Eusébio , 22 Julho 2017 às 12:30 - em: Principal




Coronel David diz que seguirá Bolsonaro caso o presidenciável confirme a mudança de partido visando 2018

Postado por Marco Eusébio , 19 Julho 2017 às 14:30 - em: Principal

Caso Jair Bolsonaro confirme a saída do PSC neste segundo semestre e ingresse em outra sigla para disputar a Presidência da República em 2018 vai levar na mudança partidária o deputado estadual Coronel David de Mato Grosso do Sul. "Já conversamos sobre isso" disse o sul-mato-grossense ao Blog. Conforme David, Bolsonaro contou que havia falado com o presidente nacional do PSDC, José Maria Eymael (SP), eterno candidato da sigla ao Planalto, e o paulista havia expressado interesse de disputar uma cadeira de deputado federal no ano que vem com grandes chances de se eleger, caso o deputado federal fluminense ingressasse no partido democrata cristão. Hoje, entretanto, o PSDC divulgou nota (leia aqui) negando interesse de abrigar o projeto político de Bolsonaro.




Coronel David diz que seguirá Bolsonaro caso o presidenciável confirme a mudança de partido visando 2018

Postado por Marco Eusébio , 19 Julho 2017 às 13:30 - em: Principal

Caso Jair Bolsonaro confirme a troca do PSC pelo PSDC para disputar à Presidência da República em 2018, vai levar para seu novo partido o deputado estadual de Mato Grosso do Sul, Coronel David. "Já conversamos sobre isso" disse o sul-mato-grossense. Sobre o presidente nacional do PSDC e eterno candidato da sigla ao Planalto, José Maria Eymael (SP), o David explicou aqui ao Blog: "O Eymael vai pra deputado federal".



Bolsonaro diz que está de saída do PSC e aponta o PSDC como um partido 'honesto, patriota e cristão'

Postado por Marco Eusébio , 19 Julho 2017 às 12:30 - em: Principal

Calculando que poderá chegar ao segundo turno presidencial, depois de o DataPoder360 apontar que está empatado técnicamente com Lula na liderança (veja aqui), Jair Bolsonaro (RJ) disse que está de saída do PSC e cogita ir para o PSDC, presidido por José Maria Eymael (SP), até o fim de agosto. "Com a Lava Jato e tudo mais, não adianta eu entrar para um partido grande e enrolado em denúncias. Estou à procura de um partido que não tenha esse tipo de problema", afirmou ao Estadão de S.Paulo ontem, explicando que procura um partido "honesto, patriota e cristão".
 
Entretanto, a executiva do Diretório Nacional do PSDC, que sempre lança José Maria Eymael como candidato ao Planalto, divulgou nota nesta quarta-feira afirmando que "não existem esses entendimentos e não há interesse da Democracia Cristã em relação a eles" e que o nome do partido para disputar a Presidência da República, "entre os seus atuais filiados, será indicado no 7º Congresso Nacional a ser realizado em 5 de Agosto de 2017, em Curitiba - PR".