Campo Grande, Quinta-Feira , 17 de Agosto - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: politica

Divisão do antigo MT: qual, de fato, avançou?

Postado por Marco Eusébio , 12 Agosto 2017 às 11:00 - em: Principal

Na velha disussão sobre quem ganhou ou perdeu com a divisão do antigo MT uno que gerou o MS, já tem gente em Campo Grande falando que inveja o estado do norte por dar grande passo à frente na evolução política regional com a delação envolvendo dois ex-governadores que virou destaque no Jornal Nacional. "Lá, pelo menos, as coisas acontecem" ironizou conhecido personagem político em frente ao Bar do Zé, no Calçadão, ao falar da matéria de destaque do Jornal Nacional na noite anterior.




A delação da JBS não gerou efeito significativo na economia e permitiu a continuidade da redução da Selic avaliam especialistas

Postado por Marco Eusébio , 27 Julho 2017 às 09:00 - em: Principal


Ferramenta permitirá que páginas de políticos possam criar até 21 temas fixos para debate com internautas

Postado por Marco Eusébio , 26 Junho 2017 às 14:45 - em: Principal

"O Facebook lançará na terça-feira uma ferramenta para que as páginas de políticos e governos criem até 21 temas fixos para serem debatidos com internautas em suas páginas, a exemplo de Educação e Saúde. O Face quer melhorar a qualidade das discussões na rede", diz Bruno Góes no blog do Lauro Jardim, em O Globo.




Gaudêncio Torquato, jornalista, consultor e analista político

Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 09:00 - em: Principal

 
"Chico Heráclio (1885-1974), o poderoso dono do poder nas plagas de Limoeiro/PE, sabia como ninguém interpretar o ânimo dos eleitores. 
 
Dominava o voto de cabresto no agreste pernambucano e vizinhanças. Mas não conseguia encher as urnas na capital. 
 
Indagado sobre o motivo, a raposa política saiu-se com esta: "o eleitor do Recife é muito a favor do contra". 
 
Pois bem, a máxima do último dos coronéis, como era designado, serve para explicar a disposição do eleitorado brasileiro das grandes cidades, no ciclo eleitoral em curso, que deixa ver um cidadão 'muito a favor do voto contrário'. 
 
O rol de qualificações deste eleitor é extenso: indignado, revoltado, saturado, descrente, desesperançoso, cansado.
 
Esse deverá ser o perfil do eleitor em 2018."



General Villas Boas: preocupação com o perigo de líderes populistas

Postado por Marco Eusébio , 22 Abril 2017 às 17:00 - em: Principal

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, declarou que a instituição foi sondada e rechaçou a hipótese de apoiar a decretação de estado de defesa nos dias tensos que antecederam o impeachment de Dilma. A revelação foi feita em entrevista à revista Veja que chegou às bancas neste fim de semana. Villas Bôas não diz quais políticos fizeram a consulta, disse apenas que são de esquerda, e afirmou que as Forças Armadas ficaram "alarmadas" com a perspectiva de serem empregadas para "conter as manifestações que ocorriam contra o governo". "Nós temos uma assessoria parlamentar no Congresso que defende nossos interesses, nossos projetos. Esse nosso pessoal foi sondado por políticos de esquerda sobre como nós receberíamos uma decretação do estado de defesa", afirmou Villas Bôas. Na entrevista, o comandante do Exército também manifesta também preocupação com o "perigo" de surgir no país líderes populistas com discursos “politicamente incorretíssimos, mas que correspondem ao inconformismo das pessoas".




Postado por Marco Eusébio , 16 Abril 2017 às 10:45 - em: Principal

Depois de participar do BBB 17, Ilmar Mamão quer disputar as eleições de 2018. Na opinião de 122 leitores que votaram na Enquete encerrada neste domingo no Blog, o Mamão deve ser candidato:
 
1º A nada 42 (34.43%) 
 
2º Repescagem do BBB 25 (20.49%) 
 
3º Deputado estadual 23 (18.85%) 
 
4º Deputado federal 16 (13.11%) 
 
5º Governador 9 (7.38%) 
 
6º Senador 7 (5.74%)
 



Emilly entre as concorrentes ao ser anunciada vencedora

Postado por Marco Eusébio , 14 Abril 2017 às 09:00 - em: Principal

Comentário entreouvido em mesa de bar, rebatendo quem estranhou ou reclamou da vitória da Emilly no BBB17:

– "Certíssimo. Foi feita vontade da maioria dos que estão ligados neste tipo de programa. Estranho é esperar coisa diferente. Até porque, por décadas, a maioria elegeu e reelegeu Renans, Sarneys, Temers, Lulas, Dilmas, Collors, FHCs, Inocêncios e outros da espécie. Estranho seria eleger a Vivian."
 
Embora seja um papo banal, faz sentido.
 
Afinal, ninguém é eleito sem voto. Os eleitos de uma cidade, estado ou do País retratam o desejo da maioria do seu povo, apesar de que, no caso da política, a maioria reclame depois, como se não fosse cúmplice, como se não tivesse nada a ver com o que eles próprios desejaram e construíram.
 
O povo não gosta de "certinhos", até porque estes são chatos por natureza como as marinas, cristovans, suplicys e similares fazem questão de provar. Gosta de quem "faz e acontece", rompe regras, quebra a rotina. E hoje se seus eleitos são pegos no flagrante, culpam o 'outro' brasileiro por não saber votar.
 
E, é bom frisar, o povo que faz tudo isso é o povo ativo. Porque quem não vota, simplesmente diz... "eu não gosto de BBB", ou "eu não gosto de política". Não importa. No resultado das votações, esse povo passivo não faz diferença.