Campo Grande, Segunda-Feira , 11 de Dezembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: juiz-odilon-de-oliveira

Odilon: 'Esses ataques revelam o desespero de quem já percebeu que meu perfil significará o fim de privilégios

Postado por Marco Eusébio , 04 Dezembro 2017 às 13:00 - em: Principal




Schimidt discursa como novo presidente regional do PDT em ato no Grand Park Hotel em Campo Grande

Postado por Marco Eusébio , 01 Dezembro 2017 às 11:00 - em: Principal

João Leite Schimidt volta a ser o presidente regional do PDT e vai conduzir o partido nas eleições de 2018 em Mato Grosso do Sul. A chapa de consenso planejada pelo deputado federal Dagoberto Nogueira, que abriu mão da presidência e agora é vice (conforme foi antecipado aqui ontem) visando se licenciar para sua campanha de reeleição à Câmara, foi eleita nesta manhã, em ato no Grand Park hotel em Campo Grande, com participação do juiz aposentado e pré-candidato da sigla ao Governo de MS Odilon de Oliveira.
 
Veja como ficou a nova diretoria executiva estadual do partido:
 
Presidente - João Leite Schimidt
1º vice-presidente - Dagoberto Nogueira Filho
2º vice-presidente - Antonio Carlos Biffi
Secretário - Sérgio Roberto Castilho Vieira
1º secretário - Paulo Roberto Duarte
Tesoureiro - Carlos Gustavo de Almeida Brum
1º tesoureiro - Marlene Alves Nogueira Rondon
Consultor Jurídico - Yves Drosghic
Vogais - Jamilson Name e Odilon de Oliveira Júnior
Secretária dos Movimentos Sociais - Kelly Cristina
Secretária da Ação da Mulher Trabalhista - Madalena Pereira da Silva
Secretária de Assuntos Institucionais - Lecádia Aglê Petry



Ao lado de Schimidt e do juiz aposentado Odilon de Oliveira, Dagoberto discursa em ato do PDT

Postado por Marco Eusébio , 01 Dezembro 2017 às 10:56 - em: Papo de Arquibancada

João Leite Schimidt volta a ser o presidente regional do PDT e vai conduzir o partido nas eleições de 2018 em Mato Grosso do Sul. A chapa de consenso planejada pelo deputado federal Dagoberto Nogueira, que abriu mão da presidência e agora é vice (conforme foi antecipado aqui ontem) visando se licenciar para sua campanha de reeleição à Câmara, foi eleita na manhã desta sexta-feira, em ato do partido no Hotel Grand Park, em Campo Grande, com participação do juiz federal aposentado e pré-candidato da sigla ao Governo de MS Odilon de Oliveira.
 
Veja como ficou a nova diretoria executiva estadual do partido:
 
Presidente - João Leite Schimidt
1º vice-presidente - Dagoberto Nogueira Filho
2º vice-presidente - Antonio Carlos Biffi
Secretário - Sérgio Roberto Castilho Vieira
1º secretário - Paulo Roberto Duarte
Tesoureiro - Carlos Gustavo de Almeida Brum
1º tesoureiro - Marlene Alves Nogueira Rondon
Consultor Jurídico - Yves Drosghic
Vogais - Jamilson Name e Odilon de Oliveira Júnior
Secretária dos Movimentos Sociais - Kelly Cristina
Secretária da Ação da Mulher Trabalhista - Madalena Pereira da Silva
Secretária de Assuntos Institucionais - Lecádia Aglê Petry



João Leite Schimidt acredita que o juiz aposentado preenche o perfil buscado pelo eleitor com 'coragem e competência'

Postado por Marco Eusébio , 22 Novembro 2017 às 18:00 - em: Principal

O presidente de honra do PDT regional, João Leite Schimidt, avalia que o eleitor busca um nome com "coragem e competência", considera que o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira tem esse perfil e acredita que, caso o pré-candidato confirme sua candidatura ao governo em 2018, poderá reeditar a campanha do "tostão contra o milhão", em alusão da disputa vencida por Pedrossian contra o pecuarista Lúdio Coelho nos anos 60. 
 
"Se o Odilon vir a ser nosso candidato, vamos fazer dois deputados federais. Não é só ele. E vamos fazer de cinco a seis deputados estaduais. Esse é o projeto do PDT", afirmou o "Bruxo de Coxim" ao site Top Mídia News. 
 
Para Schimidt, o "povo teria uma tendência de votar no Odilon independente de dinheiro e o Odilon acaba transferindo esse prestígio ao partido e o partido aos seus candidatos". "Pode ser uma utopia mas a gente não vive sem utopias", declarou em entrevista ao repórter Airton Raes em que falou sobre o apelido de "bruxo" e outros episódios de sua história política.
 
Leia aqui a íntegra.



Cadu agora atua na assessoria de imprensa do juiz aposentado e pré-candidato Odilon de Oliveira

Postado por Marco Eusébio , 14 Novembro 2017 às 16:30 - em: Principal

Menos de uma semana depois de deixar a equipe de comunicação do senador Pedro Chaves (PSC-MS) em Campo Grande – leia Novo Rumo –, o jornalista Cadu Bortolot virou assessor de imprensa de Odilon de Oliveira. No sábado, já atuou na convenção do PDT que lançou o juiz federal ao governo.




Waldeli recebeu a visita do juiz Odilon e ambos trocaram convites para supostas chapas majoritárias

Postado por Marco Eusébio , 13 Novembro 2017 às 18:00 - em: Principal

Dois dias antes de ser lançado pré-candidato ao governo de MS pelo PDT, Odilon de Oliveira visitou Costa Rica na quinta-feira e conversou com o prefeito Waldeli dos Santos Rosa. 
 
A viagem do magistrado gerou comentários nos bastidores políticos de Campo Grande de que ambos estariam se unindo nas eleições de 2018. 
 
De fato, a conversa existiu como mostra a foto acima. E foi bastante amistosa. Na ocasião, ambos "brincaram" de trocar convites. 
 
Waldeli (que vai para o PMDB e, caso André não seja candidato, está disposto a disputar o governo) convidou Odilon a disputar o Senado em sua chapa. 
 
De volta, ouviu convite semelhante, para ser vice na chapa a ser montada pelo PDT, feito pelo juiz federal aposentado.



Odilon foi convidado por Waldeli para disputar o Senado e convidou o prefeito para ser vice em sua chapa

Postado por Marco Eusébio , 13 Novembro 2017 às 16:00 - em: Principal

Dois dias antes de ser lançado pré-candidato ao governo de MS pelo PDT, Odilon de Oliveira visitou Costa Rica na quinta-feira e conversou com o prefeito Waldeli dos Santos Rosa. 
 
A viagem do magistrado gerou comentários nos bastidores políticos de Campo Grande de que ambos estariam se unindo nas eleições de 2018. 
 
De fato, a conversa existiu. Na ocasião, ambos "brincaram" de trocar convites. 
 
Waldeli (que vai para o PMDB e, caso André não seja candidato, está disposto a disputar o governo) convidou Odilon a disputar o Senado em sua chapa. 
 
De volta, ouviu convite semelhante, para ser vice na chapa a ser montada pelo PDT, feito pelo juiz.



Adesivo com os dizeres juiz Odilon em vidro de veículo em Campo Grande nesta segunda-feira

Postado por Marco Eusébio , 13 Novembro 2017 às 12:30 - em: Principal

Depois de o PDT lançar a pré-candidatura de Odilon de Oliveira ao governo de Mato Grosso do Sul neste fim de semana, adesivos com o nome do juiz já circulam em veículos pelas ruas de Campo Grande.




Dagoberto Nogueira, presidente estadual do PDT, e Odilon de Oliveira, em discursos na convenção do partido

Postado por Marco Eusébio , 11 Novembro 2017 às 14:00 - em: Principal

"Aceito, sim, o desafio de de ser candidato a governador de Mato Grosso do Sul" declarou o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, ao confirmar sua pré-candidatura à sucessão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) neste sábado, na convenção do PDT realizada no Ondara Palace, em Campo Grande. No evento que reuniu lideranças nacionais e estaduais do PDT, como o pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes, e o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, Odilon iniciou seu discurso agradecendo a presença de lideranças convidadas como o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), seu irmão ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB) e o primo deles, o deputado federal Mandetta (DEM). Também presentes, a prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR), o prefeito de Coxim, Aluizio São José, e o médico Ricardo Ayache, ambos do PSB.

Odilon discorreu sobre sua longa carreira na magistratura, falou das ameaças de morte que recebeu pelo combate ao crime organizado, e disse que, além disso, apresenta o "currículo da honestidade, da lisura e da transparência". Sobre quem questiona o fato de ele "não ter experiência para governar", lembrou que " juiz não sai juiz do ventre da mãe" e disse ter "maturidade para exercer qualquer cargo da República". Frisando só não ter "experiência para roubar", disse que aceita o desafio de "iniciar um pacto com o povo" e "uma forma de estabelecer com Deus uma aliança para conduzir o destino desse povo". Veja abaixo o vídeo com a integra do discurso.




Cotado a disputar o governo de MS, Odilon poderá comandar palanque de Ciro Gomes no estado em 2018

Postado por Marco Eusébio , 10 Novembro 2017 às 18:30 - em: Principal

O pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, volta a Campo Grande neste sábado para participar do evento programado pelo PDT para anunciar a filiação de Odilon de Oliveira. Cotado por dirigentes da sigla para a disputar a cadeira de governador de MS nas eleições de 2018, o juiz, que disse à Folha de S.Paulo ser de 80% a possibillidade de disputar a sucessão do governador Azambuja (PSDB), deve confirmar sua pré-candidatura no ato político, a partir das 8h, no Ondara Palace, no Parque dos Poderes.