Campo Grande, Segunda-Feira , 22 de Maio - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: joesley-batista

Pedindo de dinheiro feito por Aécio foi gravado por Joesley e entregue à Lava Jato

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 19:30 - em: Principal

Além de Michel Temer, o senador Aécio Neves (MG), foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, conforme delação do dono da JBS à Lava Jato, diz o jornal O Globo. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena filmada pela Polícia Federal. A PF rastreou o caminho dos reais. Descobriu que eles foram depositados numa empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).




Temer incentivou uso de dinheiro da JBS para comprar silêncio de Cunha na cadeia, revela Joesley Batista

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 19:45 - em: Principal


Deputado Alessandro Molon (à direita) protocolou o pedido na Câmara e postou a foto acima no Twitter

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 21:00 - em: Principal


Carlos Marun: 'Se for verdade, atrapalha tudo' sobre delação que abalou o Brasil

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 22:00 - em: Principal

"Se for verdade, atrapalha tudo", disse o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) ao jornal O Globo nesta noite em Brasília ao ser questionado sobre a delação do dono da JBS Joesley Batista que teria apresentado gravação em delação à Lava Jato em que Michel Temer dá aval para "comprar o silêncio" de Eduardo Cunha que está preso em Curitiba. Marun, presidente da comissão da reforma da Previdência citado pelo O Globo como "principal aliado de Cunha na Câmara", e outros deputados, estavam reunidos nesta noite no Planalto para tratar da reforma da Previdência com o ministro Antonio Imbassahy e "ficaram na mão, à espera do ministro, que está reunido com o presidente Michel Temer", diz o site do jornal.




Marun enviou nota após reunião com Temer nesta noite: 'Situação é gravíssima'

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 23:16 - em: Principal

Planalto, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) acaba de enviar a seguinte nota via WhatsApp aqui ao Blog: 
 
"Acabo de sair de reunião com o presidente Temer. Está triste, mas confiante na superação da crise. Sua posição foi explicitada na nota divulgada (leia aqui a nota citada pelo deputado).
 
É triste que a colaboração premiadíssima de um empresário, que se tornou bilionário em função de favores recebidos durante o governo do PT, esteja causando tanta insegurança exatamente no momento em que finalmente voltávamos a crescer e gerar empregos. 
 
A situação é gravíssima, mas temos que aguardar os acontecimentos."



Marun enviou nota após reunião com Michel Temer: 'Situação é gravíssima, mas temos que aguardar'

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 23:15 - em: Principal

Depois de reunião com o presidente Michel Temer nesta noite no Palácio do Planalto, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) acaba de enviar a seguinte nota via WhatsApp aqui ao Blog: 
 
"Acabo de sair de reunião com o presidente Temer. Está triste, mas confiante na superação da crise. Sua posição foi explicitada na nota divulgada (leia aqui a nota citada pelo deputado).
 
É triste que a colaboração premiadíssima de um empresário, que se tornou bilionário em função de favores recebidos durante o governo do PT, esteja causando tanta insegurança exatamente no momento em que finalmente voltávamos a crescer e gerar empregos. 
 
A situação é gravíssima, mas temos que aguardar os acontecimentos."
 
Leia a nota do Planalto citada por Marun:
 
"NOTA À IMPRENSA
 
O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar.
 
O encontro com o empresário Joesley Batista ocorreu no começo de março, no Palácio do Jaburu, mas não houve no diálogo nada que comprometesse a conduta do presidente da República.
 
O presidente defende ampla e profunda investigação para apurar todas as denúncias veiculadas pela imprensa, com a responsabilização dos eventuais envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados."



Wesley e Joesley Batista, do topo empresarial a investigados e delatores da Lava Jato

Os empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, conseguiram autorização da Justiça para deixar o Brasil e ir para Nova Iorque (EUA) depois de relatarem às autoridades que estão ameaçados de morte. A informação foi divulgada na noite anterior pela Globo News. Joesley virou assunto de todo o noticiário nacional depois que o jornal O Globo revelou sua deleção premiada que inclui gravação do presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, gravação do senador Aécio Neves (PSDB) pedindo R$ 2 milhões de propina para o grupo do empresário e também diz que seu contato com os governos petistas era o ex-ministro Guido Mantega que distribuía propina a parlamentares do PT.




Aécio foi afastado do cargo de senador e sua irmã Andrea foi presa hoje pela Polícia Federal

Postado por Marco Eusébio , 18 Maio 2017 às 11:15 - em: Principal


Mario Covas Neto diz que acusações contra Aécio 'mancham todos os componentes' do PSDB

Postado por Marco Eusébio , 18 Maio 2017 às 12:00 - em: Principal

"Senador Aécio Neves: chegou a hora de o senhor sair da presidência nacional do PSDB", disse o vereador e presidente do partido em São Paulo, Mario Covas Neto, em vídeo postado no Facebook na noite anterior. "Não dá para alguém que está sendo acusado de uma série de coisas ficar à frente de um partido que foi criado sob a égide da ética, da correção e da boa gestão pública", disse o filho do ex-governador Mario Covas, frisando que as acusações contra Aécio mancham "todos os demais componentes do partido". "Vá para casa, prepare sua defesa e depois, o senhor inocentado, será recebido de braços abertos". Acusado de pedir R$ 2 milhões ao dono da JBS Joesley Batista, em conversa gravada entregue à Lava Jato em delação premiada pelo empresário, conforme divulgou ontem o jornal O Globo, Aécio Neves, em nota da assessoria, disse que sua relação com Joesley era "estritamente pessoal" que vai esperar ter acesso à delação para esclarecer os fatos. Veja abaixo o vídeo de Mario Covas Neto:




Convocação para o ato postada na noite anterior por Walkes Vargas no Facebook

Postado por Marco Eusébio , 18 Maio 2017 às 12:30 - em: Principal

Já tem protesto intitulado "Fora Temer #DiretasJá" programado no Facebook para às 17h30 de hoje na Praça Ary Coelho em Campo Grande. Até o início desta tarde, pouco mais de 100 internautas haviam confirmado presença (veja aqui). A convocação foi postada pelo psicólogo Walkes Vargas, militante petista, na noite anterior, depois da repercussão da delação do dono da JBS Joesley Batista com gravação em que o presidente Michel Temer autoriza a compra do silêncio de Eduardo Cunha.