Campo Grande, Domingo , 18 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: jair-bolsonaro

Bolsonaro, Lula, Alckmin e Marina em fotos usadas pelo Correio Brasilizense no aplicativo que troca de gênero

O jornal Correio Braziliense resolveu neste fim de semana descontrair seu noticiário político aproveitando a onda do aplicativo que mostra como a pessoa seria se fosse do gênero oposto, que faz sucesso nas redes sociais, para mostrar como ficariam fotos dos presidenciáveis modificadas pelo app. Veja acima as fotos do "antes e depois" de Bolsonaro, Lula, Alckmin e Marina Silva e aqui no site do jornal a galeria que inclui Henrique Meirelles, Rodrigo Maia e Manuela D'Ávila.




Pré-candidato carregado por apoiadores em Dourados aos gritos de 'mito' e 'queremos Bolsonaro presidente do Brasil'

Postado por Marco Eusébio , 09 Fevereiro 2018 às 09:00 - em: Principal

Aos gritos de "mito" e "queremos Bolsonaro presidente do Brasil" e carregado por apoiadores, o deputado Jair Bolsonaro teve uma recepção de ídolo ao desembarcar em Dourados ontem para sua visita de dois dias (veja o vídeo abaixo). Depois de discursar ontem para produtores no Sindicato Rural, nesta manhã de sexta-feira o presidenciável fará palestra para empresários na Associação Comercial da cidade.




Jair Bolsonaro e o filho Eduardo falam em vídeo sobre visita a Dourados: 'Discutiremos o futuro do Brasil'

Postado por Marco Eusébio , 07 Fevereiro 2018 às 17:15 - em: Principal

Ônibus vão sair de Campo Grande e do interior de MS nesta quinta-feira rumo a Dourados levando apoiadores para acompanhar a visita de Jair Bolsonaro à cidade. "Além de um ônibus Capital, são previstos ônibus de Caarapó, Ponta Porã, Rio Brilhante, Jardim, Nioaque e de cidades do Cone Sul", diz o ex-deputado estadual Coronel David. "Várias pessoas também vão de carro próprio, como o nosso grupo", acresenta o arquiteto Pietro Decenzo, coordenador do grupo Direita MS.

Bolsonaro, que hoje está em Maringá (PR), desembarca amanhã às 14h30 em Dourados, acompanhado do filho, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), e ficarão até sexta na cidade, à convite do produtor rural Rodolfo Nogueira. Do aeroporto o grupo sairá em carreata e, às 17h, Bolsonaro fará palestra no Sindicato Rural. Na sexta, às 10h, a palestra será na Associação Comercial. "Discutiremos o futuro do Brasil" - diz Bolsonaro em vídeo, ao lado do filho, sobre a visita a Dourados. Veja:




Senador Pedro Chaves recebe R$ 5,5 mil do auxílio e deputado Jair Bolsonaro pouco mais de R$ 3 mil, diz a Folha de S.Paulo

Postado por Marco Eusébio , 05 Fevereiro 2018 às 18:00 - em: Principal

Apesar de declarar ter casa própria em Brasília, pelo menos doze deputados federais e um senador recebem dinheiro do auxílio-moradia, aponta levantamento da Folha de S.Paulo, que cita um parlamentar de Mato Grosso do Sul – o senador Pedro Chaves (PSC), que recebe R$ 5,5 mil do auxílio – e, dentre os deputados, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-SC), que recebe R$ 3.083,43 mensais do benefício. Conforme o jornal, esses parlamentares alegam que usam o reembolso para pagar vigia e manter a própria residência. Além da remuneração, deputados e senadores têm à disposição mensalmente R$ 102 mil para pagar salário de assessores, e verba que varia de R$ 30,8 mil a R$ 45,6 mil para custear despesas diversas do mandato, como aluguel de escritórios, combustível, alimentação e outros benefícios.

 
P.S: A assessoria do senador Pedro Chaves acaba de enviar (19h15 MS) nota ao Blog sobre o assunto. Leia abaixo a íntegra:
 
"Há vinte meses como senador da República, Pedro Chaves está novamente em polêmica, graças a postura de estar na política, 'sem ser naturalmente um político'. Mesmo sob pressão pelo questionamento de órgãos de imprensa e de parte da população quanto ao acesso que optou pelo auxílio-moradia, o parlamentar destaca que está ciente da estrutura de dispõe para servir a nação. Entre os cinco mais ricos do Senado, ele lembra ainda que o dinheiro desse fim não é para ele, ou atividade pessoal e sim para o mandato. 'A utilização do auxílio trata-se de um direito conferido ao mandato, que inclusive está divulgado no Portal da Transparência. Vale lembrar que o recebimento provem da não utilização de imóvel funcional, como é o meu caso. Por isso, tive a tranquilidade para responder essa questão, pois não há qualquer irregularidade, improbidade ou fato que seja fora do comum como tentaram veicular a respeito. Tudo da minha atividade parlamentar é informado em prestação de contas e toda estrutura que disponho serve para o melhor serviço possível ao povo brasileiro e a Mato Grosso do Sul', destaca o senador. A própria Mesa Diretora da Casa de Leis se prontificou a defender Chaves da onda de ataques referente o benefício. Em nota citou que 'não há ilegalidade em seu caso, uma vez que o Ato  não veda o pagamento do auxílio-moradia aos Senadores que possuem imóvel em Brasília e assim disciplina a matéria'."



Lula ainda lidera, mas sem ele Bolsonaro fica na frente com Marina em segundo embolada com Ciro, Alckmin e Huck

Postado por Marco Eusébio , 31 Janeiro 2018 às 09:00 - em: Principal

Pesquisa Datafolha divulgada hoje pela Folha de S.Paulo mostra que, sem Lula na disputa após ser condenado pelo TRF4, Jair Bolsonaro lidera a corrida presidencial com 18% e quatro disputam o segundo lugar para um possível segundo turno: Marina Silva com 13%, Ciro Gomes 10%, Geraldo Alckmin e Luciano Huck com 8% cada. A pesquisa foi feita nos dias 29 e 30 de janeiro, com margem de erro de dois pontos para mais ou menos. A Folhla diz que, embora líder, Bolsonaro parou de avançar e perderia um segundo turno para Lula (49% a 32%) e para Marina (42% a 32%). A condenação de Lula, não afetou seu índice de 37%, o mesmo de novembro. O ex-presidente Fernando Collor, que anunciou pré-candidatura neste mês, registra até 3% da preferência do eleitorado. Bolsonaro acionou o TSE para tentar barrar a divulgação da pesquisa, alegando que perguntas feitas pelo Datafolha aos eleitores seriam tendenciosas contra ele e favoráveis a Lula.




Jair Bolsonaro fará palestras para produtores rurais e para comerciantes em Dourados

Postado por Marco Eusébio , 30 Janeiro 2018 às 15:30 - em: Principal

Jair Bolsonaro visitará Dourados na semana que vem. "Ele desembarca às 14h30 da quinta-feira, dia 8 de fevereiro, no aeroporto da cidade, e fará palestras no Sindicato Rural e na Associação Comercial local" disse ao Blog há pouco o ex-deputado Coronel David. A visita acontece à convite do produtor rural Rodolfo Nogueira, que gravou vídeo com Bolsonaro aqui divulgado há duas semanas. Hoje, após confirmar a agenda, Rodolfo divulgou o vídeo abaixo convidado o segmento rural para o ato político.




Estadão diz que agência de Trump recusou proposta de Bolsonaro, que nega: 'se alguém procurou, foi sem minha autorização'

Postado por Marco Eusébio , 22 Janeiro 2018 às 12:45 - em: Principal

A agência Cambridge Analytica, que fez a campanha de Donald Trump à Casa Branca, teria recusado assessorar Jair Bolsonaro diz a Coluna do Estadão. Sondada por emissários, a empresa dos EUA teria pedido um tempo para avaliar o comportamento dele nas redes sociais, e três meses depois, rejeitou a assessoria por avaliar sua imagem como "ruim". Bolsonaro negou a história. "Se alguém procurou esta agência, foi sem minha autorização. Não tenho dinheiro para contratar uma empresa dessas", disse o deputado. A Coluna do Estadão acrescentou que, se confirmar a mudança para o PSL, Bolsonaro terá R$ 3 milhões, 30% do fundo da legenda, para usar na campanha presidencial.




Ao se anunciar agora pré-candidato, Collor (como Lula) revela o avesso 1989, quando derrotou o petista com a força do debate na TV Globo

Postado por Marco Eusébio , 20 Janeiro 2018 às 09:00 - em: Principal

No estilo "se ele pode, porque elle não pode?", Fernando Collor de Mello se anunciou pré-candidato à Presidência da República neste ano, assim como faz  (faz tempo) Luiz Inácio Lula da Silva. As pré-candidaturas dos protagonistas do histórico segundo turno das primeiras eleições diretas pós-ditadura, em 1989, fazem 2018 parecer um remaque frustrante da história.
 
Digamos que seja um remaque às avessas.
 
Afinal, hoje, nenhum dos dois consegue enganar tanta gente ao mesmo tempo e por tanto tempo. Ambos são alvos de operações da Polícia Federal. Collor (ainda) réu. Lula condenado. Coisas inimagináveis com "seres intocáveis" da política há 29 anos, embora alguns malandros digam o contrário e alguns (digamos) mal informados acreditem em tal lorota. 
 
Além da ignorância do eleitor em relação às boas intenções pregadas pelos candidatos daquela época (e sobre 'otras cositas mas')  muita coisa mudou de 1989 para cá, embora, na política, as práticas continuem semelhantes.
 
O que não mudou desde quando Lula e Collor se enfrentaram foi que desde aquela época, quando ainda existia Leonel Brizola, não surgiu nenhuma liderança com verve ou carisma capaz de encantar o eleitorado.
 
Ou seja, gostem ou não, ninguém pode negar que, de lá para cá, Lula continua sendo o mais carismático líder político do País. É isso o que o faz, embora condenado, respeitado e temido por adversários. E não as bravatas da Gleisi ou de outros de seus companheiros, como algum incauto possa imaginar. 
 
Somando todas as demais eleições presidenciais, o único (longe de ter esse carisma) que surgiu com algum dom para atrair eleitores, independente de partidos, tem sido, para a lamentável carência de opções do eleitorado, Jair Bolsonaro. Goste você, ou não, caro (e carente) eleitor.



Coronel David diz que plano é Assembleia, mas admite disputar virar 'quarta via' ao governo para ajudar Bolsonaro

O ex-deputado Coronel David, que em 2016 disputou a Prefeitura de Campo Grande, diz que seu projeto neste ano é voltar a concorrer a uma cadeira à Assembleia estadual. O ex-comandante da PM-MS admitiu, entretanto, rever os planos caso isso for necessário para ajudar na campanha de Jair Bolsonaro à Presidência, ele pode assumir a missão de ser a quarta via para o governo estadual entre Azambuja, André e Odilon. "Já conversei com o Bolsonaro e, se for necessário ele ter um candidato a governador no Estado, e se ele e o partido decidam por mim, estou disposto a encarar o desafio".




Jair Bolsonaro espera contar com um aliado ligado ao agronegócio disputando uma das vagas ao Senado por MS

Postado por Marco Eusébio , 19 Janeiro 2018 às 18:45 - em: Principal

De olho na Presidência, Jair Bolsonaro cogita ter um aliado, que seja representante do agronegócio, disputando o Senado por Mato Grosso do Sul, e tem conversado sobre o assunto com o ex-deputado estadual Coronel David, que já iniciou contatos com lideranças do setor. "Estamos vendo de acordo com o perfil que foi traçado pelo Bolsonaro para que até março possamos ter esse nome para uma candidatura com chances de vitória ao Senado", disse o David ao Blog.