Campo Grande, Quinta-Feira , 19 de Outubro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: jair-bolsonaro

Bolsonaro exibe capa da revista em vídeo e, irônico, dispara: 'Gostaram do fotoshop da Veja?'

Postado por Marco Eusébio , 08 Outubro 2017 às 13:30 - em: Principal

O capitão Jair Bolsonaro que, além de polêmico, é rápido do gatilho de seu marketing pessoal, contra-ataca em vídeo nas redes sociais a revista Veja que traz sua foto com o título "A ameaça Bolsonaro" como manchete de capa nesta semana. "Gostaram do fotoshop da revista Veja? Bacana, heim?!", diz o deputado e pré-candidato à Presidência, mostrando em seguir a página 45 para dizer que ao chamá-lo de oficial "bunda-suja" a Veja chama dessa forma todos os militares que não chegaram ao cargo de general. Depois, mostra anúncio da Veja que o coloca entre um "grupo de personalidades" que será entrevistado pela revista no mês que vem ao vivo. Bolsonaro avisa que vai "mas não será para ser interrogado por ninguém, pra responder muita coisa, entre outras, essa manipulação da revista Veja". Ao concluir, acrescenta que a revista está cobrando 900 reais por ingresso, e que ele não está recebendo nada por essa participação. Veja, sem trocadilho, o vídeo postado por Bolsonaro no Twitter.




Plenário do TSE durante a sessão de ontem quando foi negado o pedido de registro do Muda Brasil

Postado por Marco Eusébio , 06 Outubro 2017 às 13:30 - em: Principal

Por cinco votos a um, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negaram registro de partido ao Muda Brasil, que visava lançar Jair Bolsonaro à Presidência, que estava sendo criado por grupo ligado ao ex-deputado Valdemar da Costa Neto, condenado no mensalão. Com a decisão, Bolsonaro terá de ficar no PSC ou buscar outra sigla para ser candidato. A maioria dos ministros, inclusive o presidente da Corte, Gilmar Mendes, entendeu que, embora tenha alcançado as 500 mil assinaturas exigidas por lei, elas não foram apresentadas quando foi protocolado o pedido de registro no TSE, em 17 de dezembro de 2015. Na ocasião foram apresentadas 354 mil assinaturas, complementadas depois até chegar ao número mínimo exigido pela Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/95).




Além de Temer, no vídeo ladrões também citam Bolsonaro, Lula Geddel e Eike Batista

Postado por Marco Eusébio , 05 Outubro 2017 às 11:30 - em: Principal

Políticos viraram alvo de "bulliyng virtual" de ladrões em vídeo que circulou nesta semana nas redes sociais. Nas imagens que mostram o roubo a um cofre que seria de uma construtora, um dos ladrões fala: "Aê, Temer, seu fdp! Pensa que é só você que rouba, né, seu fdp. Nóis também (sic)rouba. Pega a visão". Os assaltantes também citam presos da Lava-Jato, como o ex-miistro Geddel Vieira Lima e Eike Batista. "Chora não Geddel", dizem. Outro diz que vota em Bolsonaro, mas chama o deputado de "ladrão". Enquanto enchem uma mochila com dinheiro, o primeiro rebate: "O Lula tem que ganhar de novo, pô..." Veja o vídeo.




Jair Bolsonaro alega que apenas expressou sua opinião sobre os quilombolas usando 'piadas e bom humor'

Postado por Marco Eusébio , 03 Outubro 2017 às 13:20 - em: Principal

A juíza da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Frana Elizabeth Mendes, condenou Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a pagar R$ 50 mil por danos morais coletivos ao povo quilombola e à população negra em geral, durante palestra no Clube Hebraica, do Rio, em abril, quando afirmou: "Fui num quilombola em Eldorado Paulista, olha, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas... Não fazem nada, eu acho que nem pra procriador servem mais. Mais de um bilhão de reais por ano gastados com eles, recebem cesta básica e mais, material, implementos agrícolas". 
 
O dinheiro será revertido ao Fundo Federal de Defesa dos Direitos Difusos. Em sua defesa, o deputado federal alegou que apenas expressou sua opinião em "tom jocoso" usando "piadas e bom humor". Para a juíza, entretanto, como integrante do Poder Legislativo e conhecido em âmbito nacional, Bolsonaro "tem o dever de assumir uma postura mais respeitosa com relação aos cidadãos e grupos que representa, ou seja, a todos, haja vista que suas atitudes influenciam pessoas, podendo incitar reações exageradas e prejudiciais à coletividade".



Jair Bolsonaro em mensagem de vídeo aos fazendeiros presos em MS: 'o que eu puder fazer por vocês eu faço'

Postado por Marco Eusébio , 02 Outubro 2017 às 14:00 - em: Principal

"Hoje eu quero me dirigir ao pessoal de Mato Grosso do Sul, estado onde eu morei por três anos na cidade de Nioaque. Chegou ao meu conhecido que cinco produtores rurais, aí no estado, estão presos por defenderem as suas terras (...) Aos irmãos nossos de Mato Grosso do Sul, esses cinco fazendeiros que estão aí: o que eu puder fazer por vocês eu faço. Reconheço o trabalho de vocês pela propriedade privada", diz o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em vídeo com mensagem de apoio aos fazendeiros de MS que tiveram prisão preventiva mantida pelo Supremo na semana passada, acusados de envolvimento em ataque a indígenas na fazenda Yvu, em Caarapó, em julho de 2016, quando um índio morreu e oito ficaram feridos. Contra a decisão do STF, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antônio Nabhan Garcia, está convocando um protesto para o dia 16 deste mês em frente à Famasul, em Campo Grande. Veja abaixo o vídeo enviado por Bolsonaro ao deputado estadual Coronel David.




Lista de rejeição é liderada por Michel Temer. Na parte de baixo, uma celebridade da TV: Luciano Huck

Postado por Marco Eusébio , 27 Agosto 2017 às 11:00 - em: Principal


Lula avança na liderança, mas se petista ficar fora do páreo Bolsonaro vira líder isolado diz o DataPoder360

Postado por Marco Eusébio , 16 Agosto 2017 às 14:30 - em: Principal

Caso Lula seja condenado em segunda instância e impedido pela Lei da Ficha Limpa de disputar as eleições de 2018, ou desista de virar candidato, o índice de indecisos salta de 30% para 40% e Jair Bolsonaro vira líder isolado na preferência do eleitorado. É o que aponta pesquisa do DataPoder360 feita por telefone de sábado (12) até segunda-feira (14) com 2.088 pessoas em 197 cidades e margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos. 
 
Bolsonaro aparece com 27% caso Geraldo Alkmin for candidato do PSDB. O tucano tem 9% e ficaria tecnicamente empatado lá atrás em segundo lugar com Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), ambos com 8%. O ex-prefeito de SP Fernando Haddad (PT) tem só 3%. Brancos e nulos somam 38% e 7% não souberam ou não quiseram responder.
 
Ainda sem Lula, Bolsonaro aparece com 25% se o candidato tucano for João Doria que aparece em com 12%. Neste caso, Ciro fica em terceiro com 9%, Marina com 6% e Haddad com 5%. Brancos e nulos somam 36% e 8% não responderam.
 
SE LULA ESTIVER NA DISPUTA, segue líder e até avançou de julho para agosto no DataPoder360, mesmo depois de condenado pelo juiz Sérgio Moro. Num cenário com Alckmin, o petista passou de 26% para 32% e Bolsonaro de 21% para 25%. O tucano caiu de 10% para 4%, ficando tecnicamente empatado com Ciro que oscilou de 5% para 4% e Marina que desceu de 6% para 3%. Brancos e nulos somaram 23% e 10% não responderam.
 
No cenário com Doria candidato do PSDB, Lula cresceu de 21% para 31%, Bolsonaro caiu de 21% para 18% e o tucano oscilou de 13% para 12%. Ciro oscilou de 4% para 6% e Marina afundou de 12% para 3%. Brancos e nulos somam 23% e 7% não responderam.



Maria do Rosário comemorou a decisão do STJ e Bolsonaro promete recorrer ao Supremo contra condenação

Postado por Marco Eusébio , 15 Agosto 2017 às 19:00 - em: Principal

Por unanimidade, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve hoje decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) que condenou o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a pagar R$ 10 mil à também deputada Maria do Rosário (PT-RS) por ter afirmado na Câmara em 2014 que a petista não merecia ser estuprada por ser "muito feia". 
 
No dia seguinte, ele reafirmou ao jornal gaúcho Zero Hora: "Ela não merece [ser estuprada] porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece". O deputado também terá de se retratar publicamente em jornais, no Facebook e no Youtube. 
 
No julgamento de hoje, a relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, votou contra o recurso de Bolsonaro, e afirmou: "A expressão 'não merece ser estuprada' constitui uma expressão vil que menospreza a dignidade de qualquer mulher, como se uma violência brutal pudesse ser considerada uma benesse, algo bom para acontecer com uma mulher."
 
Bolsonaro disse que vai recorrer contra a decisão no Supremo, onde é réu no mesmo processo. "Ela [Maria do Rosário] me chamou de estuprador e ela estava defendendo o estuprador Champinha. Só isso", disse ao site G1. Maria do Rosário afirmou que a decisão do STJ é uma "vitória de todas as mulheres brasileiras".



Lídio não foi ao evento de Bolsonaro porque tinha evento alusivo ao Dia do Advogado na Assembleia, onde condecorou Mochi

Postado por Marco Eusébio , 11 Agosto 2017 às 18:30 - em: Principal

A exigência de Jair Bolsonaro para que o PEN desista da ação no Supremo contra a prisão de condenados em segunda instância, o que na opinião dele pode "acabar com a Lava Jato", para que ele ingresse no partido que está trocando o nome para Patriota, tem aval do presidente estadual da sigla em Mato Grosso do Sul. Indagado, o deputado estadual Lídio Lopes disse ao Blog: 
 
– "Na verdade, foi o advogado do Zé Dirceu (Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay) que entrou com a ação porque o PEN não tinha mancha. Então, acho que ele está certo, porque se manter a ação, mata o discurso dele".
 
Embora todos os presidentes regionais da sigla tenham sido convidados para o ato que marcaria ontem o ingresso de Bolsonaro na sigla (leia aqui), Lídio Lopes não foi ao Rio de Janeiro porque tinha compromisso em Campo Grande: a entrega da Medalha do Mérito Advocatício, proposta por ele e realizada pela Assembleia na noite anterior, véspera deste Dia do Advogado. Na ocasião, Lídio entregou a medalha ao seu colega presidente da Casa, deputado Júnior Mochi (PMDB), que é advogado.



Barroso avisa que Bolsonaro anunciará ao vivo no Facebook seu ingresso no Patriota para disputar a Presidência

Postado por Marco Eusébio , 08 Agosto 2017 às 17:30 - em: Principal

Com a chegada de Jair Bolsonaro para disputar a Presidência da República em 2018 pela sigla, após enquete lançada no Facebook, o PEN decidiu que passará a se chamar Patriota. O presidente nacional do partido, Adilson Barroso, informa na rede social que na quinta-feira às 16 horas fará transmissão ao vivo junto com Bolsonaro no Rio de Janeiro para que o deputado fale de seu ingresso no Patriota.