Campo Grande, Quinta-Feira , 22 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: gilmar-mendes

Fux no discurso de posse: A Justiça Eleitoral

Postado por Marco Eusébio , 07 Fevereiro 2018 às 10:00 - em: Principal

Candidatos "ficha suja" estarão fora do "jogo democrático" e a Justiça Eleitoral será “irredutível” na aplicação da Lei da Ficha Limpa, disse o ministro Luiz Fux ao tomar posse como novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em substituição a Gilmar Mendes. "Também a corrupção estará fora do jogo político. Uma pessoa corrupta, impobra e antiética não conduz o país a um futuro. Conduz a um atraso e uma degradação", afirmou o novo presidente, que também prometeu combater as "fake news", notícias falsas que circulam nas redes sociais visando atacar e ajudar determinados candidatos. No comando da Corte Eleitoral até a pré-campanha em agosto, Fux poderá ter de decidir o caso de Lula ser candidato ou não, caso o ex-presidente peça registro de candidatura ao TSE.




Ex-governador Sérgio Cabral ao ser transferido para Curitiba, onde fica fora da alçada das decisões de Gilmar

Postado por Marco Eusébio , 30 Janeiro 2018 às 13:30 - em: Principal

Transferido para Curitiba, o ex-governador Sérgio Cabral (RJ) fica sem as regalias que tinha em presídios do Rio e sem a possibilidade de recorrer a Gilmar Mendes. Quem passa a julgar recursos de Cabral no Supremo é Edson Fachin, a quem cabe decidir sobre sentenças de Sérgio Moro. "Não é uma troca de seis por meia dúzia, como se sabe", diz o Lauro Jardim ao divulgar a notícia em blog no O Globo.




Hostilizado por passageiros no pouso em Várzea Grande, Gilmar Mendes apenas sorri e não rebate provocações

Postado por Marco Eusébio , 29 Janeiro 2018 às 11:00 - em: Principal

Gilmar Mendes foi hostilizado por conterrâneos em um avião durante voo de Brasília rumo a Cuiabá, na noite de sábado. Conforme o escritor cuiabano Helder Caldeira, que postou vídeos nas redes sociais, o comandante do voo 3810 da Latam foi obrigado a chamar a Polícia Federal para garantir o desembarque do ministro do Supremo no aeroporto de Várzea Grande. "Vai soltar o Lula também?" questionou um passageiro. "Cinco reais pra soltar meu cinto", ironizou outro. "É uma vergonha pro Brasil, mato-grossense...". Outra pessoa rebate: "Mato-grossense nada, foi cagado". Gilmar também é chamado de "amigo do Daniel Dantas", "amigo de Aécio Neves". Por fim, o comandante do voo avisa que chamou a Polícia Federal, passageiros gritam "fora Gilmar" e um afirma: "Tá com medo". Veja os vídeos:




Sob gritos de 'fora Gilmar', presidente do TSE apenas sorri, sem rebater provocações

Postado por Marco Eusébio , 28 Janeiro 2018 às 10:15 - em: Papo de Arquibancada

Gilmar Mendes foi hostilizado por conterrâneos em um avião durante voo de Brasília rumo a Cuiabá, na noite de sábado. Conforme o escritor cuiabano Helder Caldeira, que postou vídeos nas redes sociais, o comandante do voo 3810 da Latam foi obrigado a chamar a Polícia Federal para garantir o desembarque do ministro do Supremo no aeroporto de Várzea Grande. "Vai soltar o Lula também?" questionou um passageiro. "Cinco reais pra soltar meu cinto", ironizou outro. "É uma vergonha pro Brasil, mato-grossense...". Outra pessoa rebate: "Mato-grossense nada, foi cagado". Por fim, o comandante do voo avisa que chamou a Polícia Federal, passageiros gritam e um afirma: "Tá com medo". Veja os vídeos:

 




Gilmar Mendes: soltura de presos envolvidos em corrupção inspirou marchinha de carnaval

Postado por Marco Eusébio , 16 Janeiro 2018 às 16:00 - em: Principal

"Alô, alô Gilmar/ eu tô em cana / vem me soltar /Eu roubei, eu roubei, eu roubei/ não estou preso à toa/ mas no mundo não há quem escape/ de uma conversinha boa".

 

A marchinha "Alô Gilmar", do compositor João Roberto Kelly, de 79 anos, é uma das várias marchinhas que estão "homenageando" personagens da política brasileira no carnaval deste ano. Veja o vídeo:




Gilmar Mendes apenas sorri desconcertado enquanto é questionado por brasileiras na capital de Portugal

Postado por Marco Eusébio , 14 Janeiro 2018 às 12:15 - em: Principal

Um vídeo que circula neste fim de semana via WhatsApp mostra Gilmar Mendes sendo hostilizado por duas brasileiras em Lisboa. Conforme o site Metrópoles, a abordagem acontece em frente ao tradicional restaurante e confeitaria Benard, ao lado da livraria Sá da Costa. "O senhor é de uma injustiça imensurável. Inclusive, o senhor deve estar querendo se disfarçar aqui, andando como um comum dos mortais, coisa que não é", afirma uma das mulheres, enquanto a outra filma. "O senhor não tem vergonha do que faz pelo país?", questionam as duas. O ministro do STF e presidente do TSE apenas sorri desconcertado, enquanto é seguido pelas compatriotas. Veja o vídeo reproduzido pelo site.




Michel Temer e Gilmar Mendes serão 'homenageados' na folia carioca

Postado por Marco Eusébio , 03 Janeiro 2018 às 17:30 - em: Principal

Além de Gilmar Mendes, que ganhou virou tema de uma marchinha que diz "Alô, alô, Gilmar/eu tô em cana/vem me soltar", de João Roberto Kelly, Michel Temer também será "homenageado" no carnaval carioca diz o Ancelmo Gois em blog no O Globo. "Será lançado, dia 3 de fevereiro, no Cariocando, no Catete, o bloco 'Tem que manter isso, viu?'. A frase, como sabe, foi usada por Temer ao saber, por Joesley Batista, da existência de uma mesada paga ao preso Eduardo Cunha. Tudo para o corrupto não delatar os parceiros de safadeza", diz o jornalista.




Em áudio no WhatsApp juiz fala que 'mala foi grande' na soltura de Garotinho por ordem de Gilmar Mendes

Postado por Marco Eusébio , 24 Dezembro 2017 às 12:30 - em: Principal

A Polícia Federal e Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vão apurar o caso do áudio em que o ministro do Supremo Gilmar Mendes é acusado de receber dinheiro para mandar soltar o ex-governador do Rio Anthony Garotinho. A voz do áudio que começou a circular WhatsApp neste fim de semana é atribuída ao juiz Glaucenir de Oliveira, de Campos dos Goytacazes (RJ), responsável pelo processo no qual Garotinho é acusado de corrupção e compra de votos.

"A mala foi grande", diz a voz aos integrantes do grupo de WhatsApp, afirmando que juiz substituto se declarou impedido de atuar no caso para não "virar palhaço de circo do Gilmar Mendes" a quem acusa de não ter "vergonha na cara", "chefiar a crise no Judiciário" e fazer papel de "dono do poder", enquanto os outros ministros do Supremo "ficam omissos". Ao site Consultor Jurídico, o juiz Glaucenir disse que não fez qualquer acusação, apenas comentário num grupo fechado de juízes. Ouça aqui o aúdio divulgado pelo site Conjur.




Solta, Rosinha Garotinho está livre de todas as medidas cautelares por decisão do presidente do TSE Gilmar Mendes

Postado por Marco Eusébio , 23 Dezembro 2017 às 09:00 - em: Principal

Livre da cadeia, a ex-governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho, não vai mais usar tornozeleira eletrônica, não precisa mais se recolher à noite, pode ter contato com investigados na operação que a havia levado à prisão e também pode viajar para onde quiser. As medidas cautelares impostas a ela foram suspensas ontem por decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral Gilmar Mendes, que na quarta-feira, mandou soltar o ex-governador Anthony Garotinho, marido dela, e o presidente nacional do PR, Antonio Carlos Rodrigues, presos na mesma operação.




Preso acusado de integrar organização criminosa, Garotinho ganha liberdade concedida por Gilmar Mendes

Postado por Marco Eusébio , 21 Dezembro 2017 às 09:00 - em: Principal

Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mandou soltar o ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, que havia sido preso, de novo, no fim do mês passado, em desdobramento da Operação Chequinho, acusado de integrar organização criminosa que arrecadava dinheiro de forma ilícita para financiar campanhas, inclusive mediante extorsão. Na liminar expedida na noite anterior, Gilmar afirma que não verificou a "presença dos requisitos autorizadores da prisão preventiva", e que o TRE-RJ, na decisão que mandou prender o ex-governador, não "indica, concretamente, nenhuma conduta atual do paciente (Garotinho) que revele, minimamente, a tentativa de afrontar a garantia da ordem pública ou econômica, a conveniência da instrução criminal ou assegurar a aplicação da lei penal". Gilmar também concedeu habeas corpus ao ex-ministro dos Transportes e presidente do PR, Antonio Carlos Rodrigues, alvo da mesma operação.