Campo Grande, Segunda-Feira , 22 de Maio - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: carlos-marun

Marun: 'Quem ofende deputado tem de ser punido'

Postado por Marco Eusébio , 12 Abril 2017 às 13:45 - em: Principal


O relator Arthur Maia e Marun, presidente da comissão

Postado por Marco Eusébio , 13 Abril 2017 às 16:00 - em: Principal


Arthur Maia, relator, e Marun, presidente da comissão da reforma da Previdência

Postado por Marco Eusébio , 15 Abril 2017 às 13:30 - em: Principal


Comissão especial aprovou em sessão ontem na Câmara a reforma proposta pelo governo Temer

Postado por Marco Eusébio , 04 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal


Marun e o 'filho pródigo' Gogosz: de volta ao PMDB após apoiar adversários

Postado por Marco Eusébio , 05 Maio 2017 às 14:25 - em: Principal

No folhetim "as voltas que a política dá", mais um capítulo em Campo Grande. Juliano Gogosz, ex-assessor do deputado federal Carlos Marun que foi presidente da JPMDB em Campo Grande e coordenador de Juventude do Governo André Puccinelli (PMDB), depois se filiou ao rival PT e virou assessor do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), acaba de se se reconciliar com os antigos chefes. "Essa reaproximação foi com as bênçãos do nosso líder maior, André Puccinelli. Estou de volta com o Marun, meu professor. Torcendo por uma dobrada de sucesso para 2018 com André governador e Fábio Trad vice", disse o "filho pródigo" Gogosz ao Blog.



Marun usou novo número para informar contatos que seu 'zap' foi clonado

Postado por Marco Eusébio , 06 Maio 2017 às 15:30 - em: Principal

O deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), que preside a comissão da reforma da Previdência na Câmara, teve o número de seu WhatsApp clonado e o aplicativo foi usado para pedir dinheiro à irmã do deputado, a outros familiares e até a  parlamentares. Marun usou ontem um novo número no aplicativo e enviou a seguinte mensagem ao blogueiro aqui e a outros contatos: "Clonaram meu zap. Ficarei uns dias com este número de zap. O cel continue o mesmo" [sic]. Marun não é o primeiro membro da comissão alvo de hackers. A Folha de S.Paulo diz que, antes dele, os deputados Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma, e Marcos Pestana (PSDB-MG) tiveram o aplicativo hackeado e usado para pedidos de dinheiro.



Agentes penitenciários bloqueiam um dos acessos da Câmara contra reforma da Previdência

Postado por Marco Eusébio , 09 Maio 2017 às 13:00 - em: Principal

Agentes penitenciarios sitiam agora a Câmara dos Deputados contra reforma da Previdência, revoltados por terem sido excluídos da condição especial para aposentadoria. Todas as entradas estão fechadas, nem  servidores e deputados entram ou saem. A polícia legislativa tenta impedir invasões. O único acesso aberto para os funcionários acabou de ser fechado, a entrada pelo estacionamento do anexo 4. Lá dentro, sem saber da situação até há pouco, acontece a sessão da comissão especial da reforma sob a presidência do deputado Carlos Marun (PMDB-MS). "São uns 500 agentes penitenciarios por aqui. Estão em todas as portas de acesso à Camara. Até a chapelaria, que é um acesso mais restrito dos deputados, foi fechada" acaba de relatar o jornalista Clodoaldo Silva aqui ao Blog. Veja aqui vídeo de parte do bloqueio.
 



Marun e deputados na hora do lanche durante a sessão da comissão da reforma da Previdência

Postado por Marco Eusébio , 10 Maio 2017 às 13:00 - em: Principal

Para evitar que a fome levasse deputados a se ausentar fazendo demorar ainda mais a tensa sessão que durou quase dez horas concluiu a análise do texto da reforma da Previdência (PEC 287/16) ontem, o presidente da comissão da Câmara, Carlos Marun (PMDB-MS), resolveu ser, sem trocadilhos, previdente: ofereceu lanches aos parlamentares no horário de almoço. Até integrantes da oposição apreciaram o "cheese previdência". Agora, apesar das resistências, Marun aposta na aprovação da reforma ainda neste mês no plenário da Casa, onde a PEC precisa de pelo menos 308 votos (três quintos dos 513 deputados) em dois turnos de votação, para depois seguir à análise do Senado.




Indicado por Dilma, Menezes é muito mais rígido contra o governo Temer afirma Marun

Postado por Marco Eusébio , 10 Maio 2017 às 18:53 - em: Papo de Arquibancada

Carlos Marun (PMDB) entrará com pedido de afastamento do presidente da Comissão de Ética da Presidência da República, Mauro Menezes. Para o deputado de MS, Menezes, indicado para o cargo pela ex-presidente Dilma, está tendo uma atuação muito mais rígida no governo de Michel Temer do que tinha na gestão petista, tomando decisões que têm constrangido ministros e o próprio presidente. Depois da divulgação das delações da Odebrecht, o presidente da Comissão de Ética criticou decisão de Temer de só demitir ministros que virarem réus na Lava Jato, e decidiu abrir investigações contra os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria de Governo) e Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia). O descontentamento dos ministros chegou aos ouvidos de Marun que disse ao repórter Nilson Klava, da GloboNews, que vai pedir o afastamento. Consultado pela GloboNews, Menezes afirmou que só vai se pronunciar depois de ter acesso ao conteúdo da representação. 




Indicado por Dilma, Menezes está muito mais rígido contra o governo Temer diz Marun

Postado por Marco Eusébio , 10 Maio 2017 às 19:00 - em: Principal

Carlos Marun (PMDB) entrará com pedido de afastamento do presidente da Comissão de Ética da Presidência da República, Mauro Menezes. Para o deputado de MS, Menezes, indicado para o cargo pela ex-presidente Dilma, está tendo uma atuação muito mais rígida no governo de Michel Temer do que tinha na gestão petista, tomando decisões que têm constrangido ministros e o próprio presidente. Depois da divulgação das delações da Odebrecht, o presidente da Comissão de Ética criticou decisão de Temer de só demitir ministros que virarem réus na Lava Jato, e decidiu abrir investigações contra os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria de Governo) e Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia). O descontentamento dos ministros chegou aos ouvidos de Marun que confirmou aqui ao Blog que vai pedir o afastamento. Consultado pela GloboNews, Menezes afirmou que só vai se pronunciar depois de ter acesso ao conteúdo da representação.