Campo Grande, Quarta-Feira , 21 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
Marcelo Miller indo pra casa de ônibus em foto divulgada pelo blog do Lauro Jardim em O Globo

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 18:30 - em: Principal

O ex-procurador Marcello Miller – que, conforme divulgou hoje a Folha de S.Paulo, recebeu com pelo menos um dia de antecedência a informação de que a força-tarefa da Lava Jato deflagraria a operação Patmos, que levou à prisão de Andrea Neves e Frederico Pacheco, irmã e primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG) – foi fotografado ontem à noite andando de ônibus na Zona Sul do Rio de Janeiro. "Miller usou a linha 409 e saltou no Jardim Botânico, em ponto de ônibus próximo à Rua Maria Angélica, ou seja, perto de sua casa", diz o blog do Lauro Jardim em O Globo ao divulgar a foto acima.




No TJ-MS deu vitória do governador e a briga continua no Superior Tribunal de Justiça

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 17:00 - em: Principal

A empresa Braz Peli sofreu, neste mês, sua primeira derrota para o governador Reinaldo Azambuja. No Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), por 4 votos a 1, ficou decido, no julgamento do Mandado de Segurança nº 1404598-12.2017.8.12.0000, que a empresa não tem direitos a incentivos fiscais do Estado e que existem sérios indícios de fraude em suas operações. Mas essa briga não terminou. Ainda tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ) o Inquérito nº 1198 que apura denúncias da empresa em relação ao governador. Vamos aguardar o próximo round!




Bernal e vereadores em 1º de julho de 2016 na inauguração da UPA Santa Mônica, que seria aberta 20 dias depois

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 16:00 - em: Principal


Cadastramento biométrico de eleitores pelo TRE-MS prosseguirá até sexta-feira em posto na sede da OAB

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 15:00 - em: Principal


Senador Pedro Chaves (à direita) foi relator do projeto aprovado em sessão conjunta do Senado e da Câmara

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 14:00 - em: Principal

Deputados e senadores aprovaram crédito de R$ 2 bilhões para os ministérios da da Saúde (R$ bilhão), Educação (R$ 600 milhões) e do Desenvolvimento Social (R$ 400 milhões), que destinarão os recursos ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 2018. O projeto, que teve como relator o senador Pedro Chaves (PSC-MS), foi aprovado em sessão do Congresso ontem. A parcela destinada a cada município será definida pelos mesmos critérios de transferências do FPM e as prefeituras deverão aplicar os recursos preferencialmente em saúde e educação.

O Planalto estima que, só em 2017, os municípios tenham deixado de receber cerca de R$ 4 bilhões pelo FPM. Conforme o Ministério da Fazenda, "as transferências da União, bem como as receitas próprias dos entes federados, vêm se realizando abaixo das expectativas e das projeções das administrações municipais desde 2015". Por sugestão do deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), o presidente do Congresso, Eunício Oliveira, propôs ao relator Pedro Chaves que retirasse emendas, em troca do compromisso dos deputados de votar a o texto original enviado pelo Executivo. As emendas, disse Chaves, não estavam no Orçamento e seriam canceladas. Veja o vídeo.




Passarela sobre o rio Aquidauana montada hoje pelo 9º Regimento de Engenharia de Combate (9º BE Cmb)

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 12:40 - em: Principal

O Exército construiu na madrugada de hoje uma passarela ligando Aquidauana (que ficou isolada depois de ter suas duas pontes de acesso interditadas devido às chuvas) à cidade vizinha de Anastácio, na ponte nova. A estrutura de duralumínio (liga de alumínio com magnésio) montada sobre barcos tem 144 metros. Devido a extensão do alagamento, a parte final do trajeto tem de ser feita com embarcação militar. Veja o vídeo.




Video mostra Aquidauana alagada depois que o rio que dá nome à cidade subiu mais de 10 metros com as chuvas

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 12:00 - em: Principal

A chuvarada das últimas 24 horas deixou um quarto das 79 cidades de Mato Grosso do Sul em situação de emergência. Aquidauana ficou isolada: só pedestres conseguem entrar ou sair depois que o rio que dá nome ao município subiu mais de 10 metros em uma das maiores cheias da história, conforme mostra o vídeo abaixo enviado hoje ao Blog pelo ex-vereador Paulo Reis, feito por Yuri Reis, da assessoria da prefeitura local. O Exército instalou uma passarela sobre as águas para dar mobilidade aos moradores. O governador Reinaldo Azambuja pediu ajuda ao governo federla e visita a cidade nesta quarta-feira para acompanhar o atendimento às famílias desabrigadas.




Porsche Cayenne apreendido de Eike que era usado pelo juiz federal, agora condenado, Flávio Roberto

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 11:00 - em: Principal

O juiz federal Flávio Roberto de Souza, conhecido após ser flagrado dirigindo o Porsche apreendido do empresário Eike Batista em 2015 (leia aqui), foi condenado de 52 anos de prisão, perda do cargo e a pagar multa de R$ 599 mil em dois processos, por peculato e lavagem de dinheiro. As decisões, são do juiz Gustavo Pontes Mazzocchi, da 2ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Em um dos processos, o Ministério Público Federal acusou Flávio Roberto de desviar R$ 106 mil obtidos com a venda do carro do traficante espanhol Oliver Ortiz que havia sido preso pela Polícia Federal, quando era titular da na 3ª Vara Federal Criminal do RJ.

Em outro processo, o MPF acusou o juiz de desviar R$ 290,5 mil de uma conta da Justiça Federal, que usou para comprar um Land Rover Discovery; e de se apropriar de 105,6 mil dólares e 108,1 mil euros, usados para comprar um apartamento na Barra da Tijuca.

“Consequências gravíssimas, não apenas pelo desaparecimento de autos processuais – que acabaram por ser parcialmente restaurados –, mas pela desmoralização absoluta do Poder Judiciário como um todo e, especialmente, da Justiça Federal e da magistratura, decorrência dos atos criminosos perpetrados por aquele que deveria aplicar a lei. Poucas vezes se teve notícia de agente da magistratura que tenha conseguido achincalhar e ridicularizar de forma tão grave um dos poderes do Estado”, afirmou em sua decisão o juiz Gustavo Mazzocchi.




Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 10:15 - em: Principal




Apesar de protestos da oposição, votação no Senado teve 55 votos a favor, 13 contrários e uma abstenção

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 09:00 - em: Principal

O Senado aprovou por volta da meia-noite de ontem o decreto de Michel Temer que impõe intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro até o fim de 2018. Apesar de senadores da oposição alegarem que a intervenção seria desnecessária, dispendiosa, mal planejada, politiqueira e eleitoreira, o decreto foi aprovado por ampla maioria, com 55 votos a favor, 13 contra e uma abstenção. Já aprovada na Câmara, a matéria será promulgada dando o aval do Congresso à intervenção federal, já em vigor, a primeira em um Estado da federação desde a promulgação da Constituição de 1988.