Campo Grande, Quarta-Feira , 28 de Junho - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
Peritos da polícia paraguaia no cemitério onde corpo de andarilho que se passava por 'lobisomem' foi encontrado

Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 13:15 - em: Principal

Um andarilho brasileiro identificado como Roberto dos Santos, de 31 anos, que costumava se fazer passar por "lobisomem" para assustar as pessoas na região conforme moradores, foi encontrado morto a tiros e com uma facada no peito ontem, no cemitério da cidade paraguaia de Zanja Pytã, próxima a Ponta Porã (MS). A polícia paraguaia acredita que Santos teria sido flagrado na noite de quarta-feira invadindo alguma residência para furtar, tentou se esconder no cemitério e acabou sendo executado.




Gilmar Mendes seguia para o Pará onde iria visitar o TRE-PA e teve de retornar a Brasília

Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 12:00 - em: Principal


Siufi enviou moção de repúdio ao MEC e pediu o recolhimento do livro 'Enquanto o sono não vem'

Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 11:00 - em: Principal

O deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) apresentou na Assembleia requerimento a ser encaminhado ao Ministério da Educação para que recolha o livro de contos "Enquanto o sono não vem", voltado a crianças de 6 e 8 anos, que aborda o tema do incesto. De autoria de José Mauro Brant (Editora Rocco), o livro é distribuído a alunos do primeiro ao terceiro ano do ensino fundamental por meio do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic).

Um dos contos, "A triste história de Eredegalda", fala de uma menina que se recusa a casar com o pai, é aprisionada em uma torre e acaba morrendo de sede. "Que educação e cultura traz um livro que sugere casamento entre pai e filha? Inaceitável isso. Contra todos os princípios familiares, é repugnante para a sociedade brasileira", disse Siufi, que também apresentou ontem uma moção de repúdio ao ministro José Mendonça Bezerra Filho (MEC) pela distribuição dos livros.

A obra também gerou polêmica em outros estados. No Espírito Santo, por exemplo, o livro foi retirado das escolas municipais pelas prefeituras da capital Vitória, e de cidades do interior.




Autor: Fayez José Risk (*) , 23 Junho 2017 às 10:15 - em: Falando Nisso

Estamos reformando o Plano Diretor de Campo Grande.
 
Isso é ótimo, necessário, mas não é o suficiente.
 
Na verdade, hoje, Campo Grande é um município que não dispõe de diretrizes e metas claras de desenvolvimento econômico e social.
 
Qual é a cidade que queremos e poderemos ter no futuro? Qual a vocação e oportunidades dessa cidade? E não digo só de um futuro distante e utópico, mas de ações no curto prazo de tempo, tanto públicas como privadas, para alcançarmos um desenvolvimento desejado e possível!
 
Quem está “pensando” Campo Grande? Certamente muitas pessoas estão fazendo isso, mas falta a “liga”, quem os aglutine e elabore um Plano Estratégico de Desenvolvimento, que ultrapasse o aspecto legal de edificações, do uso e ocupação da cidade.
 
Num visão mais contemporânea, o Prefeito Municipal deve ser muito mais que um gestor das atividades públicas, no sentido clássico que se dá, ou seja, cuidar do dia a dia da cidade ou, como ainda mais comumente, de um “tocador de obras”, para ser um líder que aglutine todas as forças vivas da cidade em uma visão de planejamento estratégico.
 
Os recursos públicos (financeiros) estão a cada vez mais escassos e são necessárias reformas estruturais para resolução dessa questão, algumas em nível de federação.
 
No entanto, outros recursos estão à disposição, inclusive os recursos financeiros privados, além de um recurso inesgotável: o de pessoas com boas idéias, mas que não encontram espaço de interlocução.
 
Vou exemplificar: há alguns anos um empreendedor de origem nipônica, estava trabalhando ativamente na manutenção de sites de empresas no Japão, aproveitando-se da diferença do fuso horário em que esses sites estavam ociosos. Queria expandir esse excelente e rico negócio, porque ele não estava dando conta da demanda e queria mais empresas (pessoas!) participando.
 
Qual era a sua necessidade? De pessoas com domínio do inglês ou preferencialmente do idioma japonês, além da formação de informática e de um bom sistema de comunicação (internet).
 
Havia – e ainda há – trunfos: uma população com profunda ligação com o Japão além do já citado fuso horário favorável.
 
Ou seja, ali estavam desenhadas algumas diretrizes para atuação do poder público- no ensino, para atuação da iniciativa privada – telecomunicações e empresas de informática, tudo em torno de um rico mercado, mas para isso era necessário haver quem planejasse, coordenasse e acionasse! Resultado: esse empresário foi embora da cidade, cansou de bater às portas surdas!
 
Outro exemplo é o nosso aeroporto, com perspectivas inigualáveis na América Latina. O que tem sido feito em relação a isso? Qual a utilização dele? Um equipamento excepcional e ocioso!
 
Já vi muitas oportunidades passarem ao longo da minha vida profissional, e ainda como exemplo, cito aqui o mercado da fruticultura, um dos maiores do mundo, para o qual estamos aptos, mas inertes!
 
Tecnologia, turismo, alimentos... são tantos os cavalos encilhados que estão passando!
 
Precisamos sair desse provincianismo, abrirmos para a economia mundial, isso não é sonho!
 
Campo Grande precisa pensar grande e deixar de ser a maior cidade pequena do Brasil.
 
(Fayez José Rizk, o "Fez", é arquiteto e urbanista)
 



Gaudêncio Torquato, jornalista, consultor e analista político

Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 09:00 - em: Principal

 
"Chico Heráclio (1885-1974), o poderoso dono do poder nas plagas de Limoeiro/PE, sabia como ninguém interpretar o ânimo dos eleitores. 
 
Dominava o voto de cabresto no agreste pernambucano e vizinhanças. Mas não conseguia encher as urnas na capital. 
 
Indagado sobre o motivo, a raposa política saiu-se com esta: "o eleitor do Recife é muito a favor do contra". 
 
Pois bem, a máxima do último dos coronéis, como era designado, serve para explicar a disposição do eleitorado brasileiro das grandes cidades, no ciclo eleitoral em curso, que deixa ver um cidadão 'muito a favor do voto contrário'. 
 
O rol de qualificações deste eleitor é extenso: indignado, revoltado, saturado, descrente, desesperançoso, cansado.
 
Esse deverá ser o perfil do eleitor em 2018."



Postado por Marco Eusébio , 23 Junho 2017 às 08:00 - em: Principal

O Estado de S.Paulo - SP
"Fachin dá cinco dias para Janot apresentar denúncia contra Temer"
 
O Globo - RJ
"Delação da JBS é validada, e Temer deve ser denunciado"
 
Folha de S.Paulo - SP
"STF valida delação da JBS, e Fachin fica como relator"
 
Correio do Estado - MS
"Azambuja sofre derrotas no STF"
 
O Estado - MS
"Governador sofre derrota no STF"
 
A Gazeta - MT
"CGE 'manda' suspender repasses para a Faespe"
 
Zero Hora - RS
"Maioria no STF dá aval à delação da JBS e a Fachin"
 
A Tarde - BA
"Maioria do STF confirma Fachin relator do caso JBS"
 
Jornal do Commercio - PE
"STF fortalece Edson Fachin e a Lava Jato"
 
Diário Catarinense - SC
"Próxima fase do processo depende das apelações"
 
Gazeta de Alagoas - AL
"Justiça barra greve na prefeitura"



Michel Temer ao desembarcar em Oslo para visita oficial à Noruega

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 18:30 - em: Principal

Do blog O Antagonista:
 
"Michel Temer, que está na Noruega, avisou que vai recorrer da decisão que rejeitou queixa-crime contra Joesley Batista pela entrevista à Época. Temer está cada vez mais parecido com Dilma. Vejam: 'A ação foi recusada, mas vai haver recurso. O que o juiz disse é que se você ofender alguém, isso é liberdade de expressão. E se for assim, meu caro, eu não vou fazer isso com ninguém. Se eu quisesse fazer o que ele acabou dizendo, poderia dizer as maiores barbaridades das pessoas da família de alguém, e dizer que era liberdade de expressão.'"



Caso projeto seja aprovado no Congresso, bancos voltarão a funcionar aos sábados, o que não acontece desde 1982

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 17:15 - em: Principal

"Roberto Muniz (PP-BA) apresentou um projeto no Senado que acaba com a proibição do funcionamento de bancos aos sábados. Muniz diz que a norma foi instituída em 1962, por questões trabalhistas, e que mudá-la não trará prejuízos ao sistema financeiro. A proposta vai tramitar ainda em três comissões e, aprovada, irá direto para a Câmara". (Do blog do Lauro Jardim em O Globo)




Na contramão de senadores que estão de olho na Câmara, Zeca do PT confirma que sua meta é o Senado

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 16:00 - em: Principal

Com respingos da Lava Jato Brasil afora, senadores de vários estados, cujos mandatos estarão expirando no ano que vem, cogitam desistir da reeleição (que deve ser ainda mais difícil com a torneira dos grandes doadores fechada) para disputar cadeiras de deputado federal e manter o foro privilegiado. Indaguei ao deputado federal Zeca do PT se pretende entrar nessa onda e alterar seus planos eleitorais para 2018 em MS. O ex-governador foi curto e objetivo: "Disputo o Senado. E só!"




Documentos da ação que investiga o ex-presidente Lula sobre o triplex já estão com o juiz Sérgio Moro

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 15:00 - em: Principal

Por Pedro Carvalho no blog Radar da Veja:
 
"O juiz Sergio Moro já recebeu todos os documentos da ação penal que investiga o suposto tríplex de Lula no Guarujá. Com isso, o juiz já está pronto para condenar ou absolver o ex-presidente. Os autos chegaram ao gabinete de Moro no começo desta tarde. Lula responde por um apartamento tríplex no Guarujá, que seria usado como pagamento de propina, e pelo pagamento da guardas de bens do ex-presidente, em um depósito da transportadora Granero."