Campo Grande, Segunda-Feira , 11 de Dezembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Postado por Marco Eusébio , 07 Dezembro 2017 às 10:20 - em: Principal




Os conselheiros Sindoley Morais e Horêncio Filho com o presidente da OAB-MS, Mansour Karmouche (ao centro)

Postado por Marco Eusébio , 07 Dezembro 2017 às 09:00 - em: Principal


Postado por Marco Eusébio , 07 Dezembro 2017 às 08:00 - em: Principal

O Estado de S.Paulo - SP
"Temer acena com mais verba para reforma da Previdência avançar"
 
O Globo - RJ
"Decisão de Trump sobre Jerusalém isola os EUA"
 
Folha de S.Paulo - SP
"Taxa de juros cai a 7% e atinge mínima histórica"
 
Correio do Estado - MS
"Contrabandistas levam duro golpe"
 
O Estado - MS
"Violência domina Campo Grande"
 
A Gazeta - MT
"Câmara aprova FEX e MT receberá R$ 500 mil"
 
Correio Braziliense - DF
"BC reduz juro a 7% ao ano, o menor da história do país"
 
Zero Hora - RS
"Piratini adia venda de ações do Banrisul"
 
A Tarde - BA
"Kátia Vargas é absolvida por júri popular no caso da morte de irmãos"
 
Estado de Minas - MG
"PF investiga desvios e abre crise com a UFMG"
 
Diário de Pernambuco - PE
"Penas mais duras para motoristas alcoolizados"
 
Gazeta de Alagoas - AL
"Municípios recebem hoje extra de R$ 96 mi do FPM"
 
Diário Catarinense - SC
"Câmara da Capital tem o maior número de faltas justificadas"



Em seu primeiro e único discurso na Câmara, o deputado Tiririca afirma: 'Saio decepcionado e com vergonha'

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 18:15 - em: Principal

"Eu subo nessa tribuna pela primeira vez e pela última vez. Não por morte, mas porque estou abandonando a vida pública" anunciou Tiririca hoje em seu discurso único na Câmara. Eleito pela primeira vez como deputado federal mais votado do País com 1,3 milhão de votos, neste segundo mandato Tiririca tinha avisado que não cogitava uma segunda reeleição. Hoje declarou que sai da vida pública envergonhado e decepcionado com muitos deputados. 
 
"Seria hipócrita se eu não falasse realmente que estou decepcionado. Decepcionado com a política brasileira, decepcionado com muitos de vocês, muitos", afirmou. "Saio totalmente com vergonha. Não são todos, mas eu queria que vocês tivessem um olhar pelo nosso país, pela nossa saúde", emendou. Palhaço de circo conhecido pela TV, o deputado leva a sério a atuação na Câmara. 
 
É um dos que mais comparecem e participam das votações, embora nunca tenha feito um discurso até hoje. "Nunca brinquei aqui dentro. Votei de acordo com o povo", ressaltou. "Não fiz muita coisa, mas pelo menos fiz o que eu sou pago para fazer". Veja o vídeo.




'Vamos salvar o Taquari', disse Reinaldo Azambuja após reunião de ontem com ministro Sarney Filho em Brasília

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 17:30 - em: Principal

Até março de 2018, o governo federal lançará o edital de chamamento público para captar recursos, via conversão de multas ambientais devidas por terceiros à União, que serão investidos na recuperação e preservação da bacia hidrográfica do rio Taquari, em Mato Grosso do Sul. O compromisso foi assumido pelo ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, em reunião com o governador Reinaldo Azambuja, ontem, na Câmara dos Deputados. O processo será definido após a formatação do programa de intervenção no Taquari, que sofre há décadas um dos maiores desastres ambientais do Brasil. O Instituto do Meio Ambiente de MS (Imasul) prevê que as intervenções ambientais, sociais e econômicas vão consumir cerca de R$ 700 milhões a longo prazo.




Governo precisa de pelo menos 308 votos nas duas votações na Câmara. Deputados aproveitam para barganhar

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 16:00 - em: Principal


'Nós estamos chegando ao fundo do poço', avisa José Carlos Martins, presidente da CBIC no Instagram

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 14:45 - em: Principal

"A indústria da construção está à beira de um colapso. O setor,que é um grande gerador de empregos, por cair 6% e puxar o PIB nacional para baixo. Esse é o alerta que nós e outras entidades levaremos hoje, em reunião com o presidente Michel Temer" diz mensagem da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) postada hoje no Instagram. A intenção dos dirigentes de entidades do setor é tentar sensibilizar o governo para que adote medidas para estimular a recuperação do segmento. "Nós estamos chegando ao fundo do poço", avisa o presidente da CBIC, José Carlos Martins, na rede social.




Caso seja campeão sul-americano, o Flamengo vai beneficiar três rivais: Vasco, Atlético Mineiro e Sport do Recife

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 13:30 - em: Papo de Arquibancada

Corre no campo do WhatsApp...
 
"Se o Flamengo ganhar a Sul-Americana:
 
– Vasco vai pra fase de grupos da Libertadores;
 
– Atlético-MG se classifica para a pré-Libertadores:
 
– Sport se classifica para a Sul-Americana 2018.
 
Três dos times que mais odeiam o Flamengo torcendo pelo título do rival!"



Pedrossian Neto diz que pretende pagar o décimo-terceiro dos servidores na semana que vem, antes do dia 20

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 12:15 - em: Principal

Por lance único de R$ 50.050.492,70 milhões o Bradesco comprou hoje o direito de continuar com a conta da folha de pagamento dos servidores da Prefeitura de Campo Grande. Todo o dinheiro será usado complementar o pagamento do décimo-terceiro salário aos servidores, que soma R$ 80 milhões, diz o secretário municipal de Finanças, Pedro Pedrossian Neto. O lance corresponde a 35,083% do valor folha, que gira em torno de R$ 146,6 milhões, e é pouco mais do que o percentual mínimo do edital, de 35,05%, equivalente a R$ 50 milhões.
 
Vendida na gestão de Nelsinho Trad ao HSBC, a folha foi assumida em 2016 pelo Bradesco e o contrato terminou neste semestre. O secretário explica que o valor mínimo foi muito alto e diminuiu os concorrentes. "Só quem se dispôs a pagar foi o Bradesco, se não tivesse colocado o valor de R$ 50 milhões teríamos atingido um preço menor", afirmou. A Prefeitura espera receber o dinheiro até a segunda-feira (11). Embora tenha até o dia 20 para pagar o abono, Pedrossian diz que pretende quitar o décimo-terceiro na semana que vem. O dinheiro deve ajudar a reforçar o movimento das compras de fim de ano no comércio local. (Com Correio do Estado)



Congresso Nacional é tradicionalmente mal avaliado: reprovação nunca foi inferior a 41% e aprovação jamais passou de 12%

Postado por Marco Eusébio , 06 Dezembro 2017 às 11:00 - em: Principal

A rejeição ao trabalho do Congresso atingiu seu recorde na história recente: 60% dos brasileiros consideram ruim ou péssimo o desempenho dos atuais 513 deputados federais e 81 senadores, diz pesquisa Datafolha divulgada hoje pela Folha de S.Paulo. O recorde anterior era de 58% registrado em abril de 2017. Só 5% consideram boa ou ótima a atuação dos congressistas, pior índice já registrado. A pesquisa foi feita nos dias 29 e 30 de novembro. Em comparação às pesquisas do Datafolha sobre o desempenho dos parlamentares iniciadas em 1993, a atual legislatura é, na média, a mais mal avaliada. Mas já é tradição o Congresso ser mal cotado pela população. De 2015 até agora, a reprovação foi inferior a 41% e a aprovação dos congressistas jamais foi maior do que 12%, diz a Folha.