Campo Grande, Terça-Feira , 23 de Maio - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
Rodrigo Janot pediu a Fachin que áudios de Joesley e Temer sejam periciados pela Polícia Federal

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 16:30 - em: Principal


Discurso de Lula transmitido nas redes sociais rendeu apoio e críticas de internautas

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 15:00 - em: Principal

"O PT pode ensinar inclusive como combater a corrupção. Ninguém criou mais mecanismos de combate à corrupção do que o PT", afirmou Lula em discurso neste sábado durante evento de posse do diretório municipal do PT de São Bernardo do Campo (SP) transmitido pelas redes sociais do petista no Twitter e no Facebook.

"Quando eu era candidato, todo mundo dizia que o Brasil estava quebrado e não tinha jeito. Ora, não tinha jeito na cabeça deles. Nós governamos de outro jeito. Nós acreditamos no trabalhador, que teve acesso a trabalho e fez a economia girar. E logo os trabalhadores queriam mais: viajar, conhecer o Brasil, conhecer o mundo. É isso despertou raiva contra nós. A raiva deles não tem nada a ver com corrupção. Eles praticaram corrupção durante 500 anos neste país. O PT pode ensinar inclusive como combater a corrupção. Ninguém criou mais mecanismos de combate à corrupção do que o PT", afirmou o ex-presidente.

Em alusão à crise que atinge Michel Temer, Lula disse: "Deram o golpe dizendo que o PT era o problema do Brasil. O tempo se encarregou de provar que isso era uma mentira". Em seguida, defendeu a saída de Temer e eleições diretas: "O que queremos é eleição direta. Queremos que o Temer saia logo. Podemos até perder, mas num processo democrático".

Lula terminou falando em ser candidato e atacando a Rede Globo: "Minha candidatura vai depender de muita coisa. Mas Deus queira que a Globo defina logo o candidato dela" afirmou, emendando: Muito do clima de ódio que o Brasil vive hoje tem a ver com o que a Globo está fazendo". Veja o vídeo do evento divulgado pelo perfil oficial de Lula no Facebook:

 

.




Temer sobre Joesley da JBS: 'Lucrou milhões de dólares com a crise e não foi preso'

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 14:15 - em: Principal

Michel Temer anunciou em pronunciamento neste sábado que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal suspensão do inquérito de delação de Joesley Batista, da JBS, à Lava Jato, "até que seja verificada em definitivo a autenticidade da gravação clandestina". Citando perícia encomendada e divulgada pela Folha de S.Paulo, que aponta edição na gravação da conversa com ele, apresentada por Joesley à Justiça, Temer apontou contradições na denúncia e atacou o empresário dizendo que Joesley, apesar da prática confessa de corrupção ativa por vários anos, "está livre e solto passeando pelas ruas de Nova Iorque" e ao que tudo indica "não deve ser preso".

"Graças a essa gravação fraudulenta e manipulada, especulou com a moeda nacional" (...) "antes de entregar a gravação comprou um bilhão de dólares, porque sabia que isso provocaria caos" para lucrar com a alta da moeda que disparou com a crise nacional, além de vender ações da empresa antes da queda na bolsa, "fatos que estão sendo apurados pela Comissão de Valores Imobiliários". Temer também falou que o Brasil saiu de sua "mais longa crise" em sua gestão e que este avanço não pode parar. Veja abaixo na íntegra o vídeo do pronunciamento.

 




Diretoria da OAB-MS vai protocolar pedido ao Supremo na segunda-feira

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 13:45 - em: Principal

Um dia depois da quebra de sigilo e divulgação de vídeo de depoimento de Wesley Batista à Lava Jato, revelando pagamento de propina a governadores de Mato Grosso do Sul para obter benefícios fiscais aos frigoríficos JBS no estado, num esquema que teria sido iniciado na gestão do ex-governador Zeca do PT, mantido nos mandatos de André Puccinelli (PMDB) e chegado à gestão do atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a Seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS) anunciou hoje que vai pedir oficialmente ao relator da Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, acesso integral aos documentos oficiais dos processos relativos ao Estado. O pedido será protocolado na próxima segunda-feira no Supremo, diz a diretoria da OAB-MS em nota divulgada neste sábado (leia aqui a íntegra) frisando que a instituição "reitera seu compromisso irrestrito de defender a Constituição e a ordem jurídica, tomando todas as medidas necessárias para atingir suas finalidades institucionais".




Sessão extraordinária do Conselho da OAB-MS cuja decisão foi encaminhada ao Conselho Federal

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 13:00 - em: Principal


'Ao abrir as portas para Joesley, Temer abriu as portas para sua derrocada' diz, em editorial, O Globo

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 11:00 - em: Principal

Em editorial, o jornal O Globo deste sábado afirma: 
 
"Este jornal apoiou o projeto reformista do presidente Michel Temer. As reformas são essenciais para a estabilidade política, para a paz social e para o normal funcionamento das instituições. 
 
Mas a crença nesse projeto não pode levar ao autoengano, a negar a verdade. Não pode levar ao desrespeito a princípios morais e éticos. Ao abrir as portas de sua casa ao empresário Joesley Batista, o presidente Michel Temer abriu também as portas para a sua derrocada. 
 
Nenhum cidadão cônscio das obrigações da cidadania pode deixar de reconhecer que o presidente perdeu as condições morais, éticas, políticas e administrativas para continuar governando o Brasil. 
 
Fingir que o escândalo não passa de inocente conversa entre amigos não é uma opção. Além de contribuir para a perpetuação dessas práticas, não apressará as reformas de que o Brasil necessita. Será, isso sim, a razão para que elas sejam mais uma vez postergadas."



Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 10:15 - em: Principal




Antônio Carlos Senefonte, o Kid Vinil (1955 - 2017)

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal


Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 08:00 - em: Principal


Azambuja diz que apoia investigações e está à disposição para esclarecimento dos fatos

Postado por Marco Eusébio , 19 Maio 2017 às 20:00 - em: Principal

 
"Compromisso com a verdade
 
* REINALDO AZAMBUJA
 
Tendo em vista a delação do empresário Wesley Batista em que meu nome é citado, e em respeito ao povo de Mato Grosso do Sul, faço os seguintes esclarecimentos:
 
O empresário Wesley Batista apresentou em sua delação premiada suposições de fraude envolvendo cinco termos de acordo de incentivos fiscais com o Estado de Mato Grosso do Sul, dos quais apenas um foi assinado em minha gestão;
 
Esclareço que referido termo assinado em minha gestão teve como objeto investimentos para ampliação e geração de novos empregos em diversas unidades frigoríficas em Mato Grosso do Sul, conforme legalmente estabelecido pela política de incentivos estadual;
 
Em relação à declaração de que recebi aproximadamente R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) dos empresários, informo que o valor exato é de R$ 10.500.000,00, (dez milhões e quinhentos mil reais) repassados pelo PSDB nacional e que constam regularmente declarados na prestação de contas eleitoral de minha candidatura em 2014;
 
Ressalto que a transparência na gestão pública é meu compromisso com o povo sul-mato-grossense, comprovado pela ultima avaliação da CGU que colocou Mato Grosso do Sul com nota 10 em transparência, sendo o Estado que mais evoluiu nesse quesito em todo o país;
 
Apoio integralmente às investigações, e me coloco à disposição para apresentação de todo e qualquer documento ou esclarecimento que contribua com a elucidação total dos fatos;
 
Por fim reforço que qualquer outra alegação de fatos ilícitos envolvendo meu nome e a empresa JBS não condiz com a verdade, e será devidamente comprovado.
 
Campo Grande – MS, 19 de Maio de 2017.
 
Reinaldo Azambuja Silva
 
Governador do Estado de Mato Grosso do Sul"