Campo Grande, Terça-Feira , 23 de Maio - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
Azambuja vai receber jornalistas hoje na Governadoria para falar sobre denúncias de Wesley Batista

Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 11:00 - em: Principal

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) convocou hoje a imprensa para falar sobre as declarações do empresário Wesley Batista, do JBS, que em delação à Lava Jato, denunciou suposto esquema de propina paga a governantes de Mato Grosso do Sul para obter benefícios fiscais iniciado na época de Zeca do PT, mantido na de André Puccinelli (PMDB) e chegado à sua gestão. A coletiva será a partir das 16h na Governadoria. Reinaldo tem afirmando concessões fiscais em sua gestão foram feitas visando atrair empresas e a geração de empregos.




Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 10:15 - em: Principal




Joesley Batista em depoimento na delação premiada que abalou a República

Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal


Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 08:12 - em: Principal


Aviso divulgado nas redes sociais pelo general Villas Boas: 'estrita observância aos ditames constitucionais'

Wesley e Joesley Batista, os donos da JBS beneficiários de delação que abala o Brasil

Postado por Marco Eusébio , 21 Maio 2017 às 11:15 - em: Principal

Diante do terremoto político causado pelas delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, o que é melhor para o Brasil? Opine (conectado ao Facebook) à direita na nova Enquete da Semana!




Postado por Marco Eusébio , 21 Maio 2017 às 11:00 - em: Principal

Na avaliação de 41 leitores na Enquete da Semana encerrada hoje sobre um ano de governo de Michel Temer (que agora balança) o resultado foi: Fora Temer! 16 votos (39.02%); Não é ideal, mas melhor que antes 12 (29.27%); O pior já passou 9 (21.95%); Não sei o que é crise 2 (4.88%) e A crise continua igual 2 (4.88%).



Postado por Marco Eusébio , 21 Maio 2017 às 10:00 - em: Principal

O Estado de S.Paulo - SP
"Temer ataca delator e pede que STF suspenda inquérito"
 
O Globo - RJ
"Temer muda estratégia, ataca dono da JBS e tenta parar inquérito"
 
A Gazeta - MT
"Condenado por matar esposa fica livre e mata ex-namorada"
 
Correio Braziliense - DF
"Temer ataca delator. STF vai periciar áudios"
 
Estado de Minas - MG
"Na ofensiva"
 
A Tarde - BA
"Corrupção encolhe postos de trabalho em construtoras"
 
Diário do Pará - PA
"Jatene recebeu R$ 600 mil da JBS em sua campanha"
 
Jornal do Commercio - PE
"Temer é alvo de denúncia e oposição pede impeachment"
 
 
REVISTAS
 
Veja
"Basta"
 
IstoÉ
"Quem disse que a Lava jato era só para o PT?"
 
Época
"O presidente acuado"
 
CartaCapital
"Diretas já!"



Depois de longa sessão neste sábado, Conselho Federal da OAB decidiu pedir impeachment de Temer

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 23:50 - em: Principal

Com votos a favor de 25 seccionais estaduais, incluindo a de Mato Grosso do Sul, um contra, do Amapá; e uma ausência, a do Acre, o plenário do Conselho Federal da OAB decidiu nesta noite de sábado que a Ordem dos Advogados do Brasil vai pedir o impeachment do presidente Michel Temer. O parecer apresentado pela diretoria nacional da Ordem, lido pelo advogado Flávio Pansieri, apontou que na delação de Joesley Batista, da JBS, à Lava Jato, há indícios de crime de responsabilidade, em omissão no dever de levar irregularidade, das quais tiver ciência em razão do cargo, ao conhecimento da autoridade competente para apuração. Na defesa de Temer, falaram o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que além de engenheiro é advogado; e o advogado Gustavo Guedes, que reclamou que não teve acesso ao processo, disse que o áudio apresentado por Joesley é de escuta clandestina e foi alterado, e pediu prazo para que os advogados do presidente conheçam o processo. Por 19 votos contra 7, o plenário não aceitou dar esse prazo.



Marun: 'A OAB nacional aceitou a posição de edícula do MP. É triste, mas é verdade'

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 23:45 - em: Principal

Depois da sessão do Conselho Federal da OAB que decidiu nesta noite pedir o impeachment de Michel Temer, o deputado federal Carlos Marun, que além de engenheiro é advogado e tentou defender o presidente no plenário da Ordem, emitiu nota afirmando que "o direito de defesa é sagrado para o advogado", e que, "ao negar prazo para o exercício da defesa do presidente Michel Temer, a OAB nacional escreveu uma página indigna da sua história" e aceitou a posição de "edícula do MP".
 
Leia a íntegra da nota enviada há pouco ao Blog pelo deputado:
 
"Ao negar prazo para o exercício  da defesa do presidente Michel Temer, a OAB nacional escreveu uma página indigna da sua história. O direito de defesa é sagrado para o advogado e ao exigir que atuássemos imediatamente após a apresentação do relatório acusador, sem tempo sequer para que se realizasse a sua leitura, o Conselho Federal desconsiderou isto e transformou a entidade em um tribunal de exceção. Não discutimos o mérito e a acusação venceu sem que se estabelecesse o contraditório. O próprio STF suspendeu o inquérito diante dos claros indícios de manipulação do referido áudio, que serve como única prova neste esdrúxulo pedido de impeachment. Ao entender como verdade absoluta a palavra da PGR, a OAB, que existe para valorizar a advocacia, aceitou a posição de edícula do MP. Triste, mas é verdade."