Campo Grande, Domingo , 18 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
Exército vai assumir o comando das forças policiais e bombeiros e terá poder de prisão de seus membros

Postado por Marco Eusébio , 16 Fevereiro 2018 às 09:00 - em: Principal

O governo federal decreta hoje intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. O interventor será o general Walter Souza Braga Neto, do Comando Militar do Leste, que, na prática, vai substituir o governador na área de segurança pública. O Exército vai assumir o comando das forças policiais, bombeiros e área de inteligência, com poder de prisão de seus membros. A decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer após tensa reunião na noite anterior no Alvorada com o governador Luiz Fernando Pezão, os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, da Câmara, Rodrigo Maia, e ministros. O decreto já começa a valer a partir da publicação. Pela Constituição, cabe ao presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), convocar sessão para que as duas Casas Legislativas aprovem ou rejeitem a intervenção em dez dias. Enquanto a intervenção estiver em vigor, a Constituição não pode ser alterada, o que impede a reforma da Previdência.




Postado por Marco Eusébio , 16 Fevereiro 2018 às 08:00 - em: Principal

O Estado de S.Paulo - SP
"Huck escolhe permanecer na TV e desiste de candidatura"
 
O Globo - RJ
"Temporal causa 4 mortes e expõe despreparo do Rio"
 
Folha de S.Paulo - SP
"Petrobras se blinda contra intervenções danosas do governo"
 
Correio do Estado - MS
"Prefeitura tem recorde de arrecadação do ISS"
 
O Estado - MS
"Asfalto malfeito revolta população"
 
Diário de Cuiabá - MT
"41% da exploração de madeira em Mato Grosso é ilegal"
 
Correio Braziliense - DF
"Da Paraíba à morte a 45km de Brasília"
 
Zero Hora - RS
"PPP para esgoto atrasa por impasse com prefeituras"
 
Estado de Minas - MG
"Ameaça de rebelião na Polícia Federal"
 
A Tarde - BA
"MPF dará parecer sobre caso do Hospital Espanhol"
 
Diário Catarinense - SC
"Aumento de focos da dengue deixa SC em alerta"
 
Jornal do Commercio - PE
"Previdência que não se sustenta"
 
Gazeta de Alagoas - AL
"Governador diz na Assembleia que 'Alagoas do atraso ficou para trás'"



Luciano Huck já tomou a decisão que deve ser anunciada até amanhã, diz O Globo

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 18:00 - em: Principal

"Luciano Huck não será candidato a presidente da República. A decisão já foi tomada pelo apresentador. E será anunciada até amanhã" diz o Lauro Jardim em blog no O Globo. "Ontem, Huck rascunhou algumas linhas para explicar seus motivos. O apresentador não se filiará a partido algum, mas dirá que continuará discutindo as questões relevantes do Brasil", acrescenta. O jornalista diz ainda que, ao saber que Huck desistiu de vez de ser candidato, um embaixador brasileiro, cultor de ironia fina, comentou: "– Poxa! Logo o único candidato que tinha programa?"




Rocha diz que comércio enfrenta assaltos diários e que bandidos vindos de SP estão agindo em Três Lagoas

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 17:00 - em: Principal

Dizendo que Três Lagoas tem registrado de "três a quatro assaltos ao comércio por dia", a maioria cometidos por bandidos oriundos do vizinho estado de São Paulo", o deputado Eduardo Rocha (MDB) apresentou hoje na Assembleia requerimento ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretario de Segurança, Antonio Carlos Videira, pedindo o envio urgente de uma equipe da Tropa de Choque da PM para a cidade. O deputado alega que o município, na divisa com SP, está com baixo efetivo de policiais militares, o que facilita a ação dos criminosos.




Stephen Zack, ex-presidente da BAR Associaton (OAB dos EUA), Dias Toffoli (STF), Mansour e o juiz federal Peter Messeti (EUA)

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 16:00 - em: Principal

O advogado Mansour Elias Karmouche, presidente da OAB-MS, está em Washington, onde participa pelo quarto ano seguido de simpósio promovido pela American Universidade de Washington, dos EUA, em conjunto com o Banco Central do Brasil. O evento que conta com a presença de ministros do STF e do STJ tem neste ano o tema Compliance (Leis de Concorrência e Anticorrupção). Em debate, o direito comparado entre os dois países para o desenvolvimento de políticas de combate à corrupção e melhorias nos sistemas de justiça.




Com extinção de pena, Lucas de Lima já pode voltar a receber salários da Câmara conforme decisão do TJ-MS

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 15:00 - em: Principal

O vereador Lucas de Lima (SD) já pode receber seu salário e demais vencimentos da Câmara de Campo Grande. Decisão neste sentido acaba de ser proferida pelo desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, relator do caso na 5ª Câmara Civel do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), em ação movida pelo advogado Leonardo Avelino Duarte, com base na decisão da Justiça Federal que declarou extinta a punição que havia contra o radialista e político que havia sido condenado a serviços comunitários por vender bens, na condição de depositário fiel, da pizzaria Tribo da Pizza, da qual era sócio, após o fechamento da empresa, o que levou a Câmara a suspender os pagamentos ao vereador.



Estádio do Corinthians construído com dinheiro público para sediar jogos da Copa do Mundo

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 14:00 - em: Papo de Arquibancada

"Um repasse milionário de dinheiro público, captado por uma empresa privada especialmente criada para este fim e com capital social no valor de R$ 1 mil, embasado em garantias incertas e que beneficiou, além de um time de futebol, uma construtora contratada sem licitação", resume o site da Justiça Federal gaúcha, ao divulgar hoje que  juíza federal Maia Isabel Pezzi Klein, de Porto Alegre, condenou o Corinthians, a Odebrecht, a Arena Itaquera e o ex-presidente do banco estatal, Jorge Fontes Hereda, a devolver R$ 400 milhões à Caixa Econômica Federal. A decisão foi tomada em ação popular ajuizada em 2013 pelo advogado Antonio Pani Beiriz, que questionou a legalidade do financiamento feito por meio do BNDES para a obra do estádio Itaquerão. Cabe recurso.




Questionado pela imprensa, Azambuja afirmou que André quer 'ganhar por W.O.,não quer disputar a eleição'

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 12:45 - em: Principal

 
"Eu acho que eleição você não escolhe adversários", disse Azambuja. "Ele quer, praticamente, fazer uma aliança que elimine a possibilidade da disputa", emendou. O tucano agradeceu o convite, mas frisou que "de forma alguma aceitaria". "Espero que ele dispute as eleições e dê a oportunidade para o povo escolher. Ninguém deve ganhar no W.O., W.O é muito feio". 
 
Questionado se estava confirmando sua candidatura à reeleição, o governador afirmou que essa decisão cabe ao seu partido, mas "com certeza o PSDB terá uma candidatura ao governo do Estado". As declarações à imprensa foram feitas na Escola Estadual Lino Villachá, após entrega de uniformes e kits escolares à alunos na volta às aulas da rede estadual. Ouça a íntegra do que disse Azambuja no áudio abaixo.




Academia de polícia para delegado começará em março, mas sem previsão para agentes de polícia judiciária diz Sinpol

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 11:00 - em: Principal

O Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do sul (Sinpol-MS) protocolou ofícios na Secretaria de Administração e Desburocratização e na Secretaria de Justiça e Segurança Pública ontem, solicitando que o curso de formação policial inicie na mesma data para delegado, escrivão e investigador. A entidade diz que a academia de polícia para delegado está prevista iniciar em março, pois o certame segue à fase final, enquanto não há previsão de início para os agentes de polícia judiciária. Além de tratamento igualitário, o diretor jurídico do sindicato, Max Dourado, diz que seria mais eficaz e econômico para o governo estadual se essa fase ocorresse no mesmo período para todos os cargos. "A estrutura para o curso é similar para os cargos. Não adianta a lotação de um delegado na delegacia se não há escrivão e investigador para contribuir nos trabalhos policiais", declarou. O edital prevê a nomeação de 100 escrivães, 80 investigadores e 30 delegados, mas o Sinpol-MS diz esses números não cobrem o déficit do efetivo, hoje estimado em cerca 900 agentes de polícia judiciária.




Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 10:20 - em: Principal