Campo Grande, Domingo , 20 de Agosto - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br
No Facebook ontem PT deu as boas vindas aos novos 'companheiros e companheiras' famosos

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 13:00 - em: Principal

Os atores Fábio Assunção, Tássia Camargo, Nando Cunha e a escritora Elika Tamikomoto se filiaram ao PT no Rio de Janeiro. Além de dar as boas vindas aos novos companheiros nas redes sociais, a sigla aproveitou para anunciar que o número de filiados vem crescendo desde que o ex-presidente Lula foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro. 




Mover ato na Justiça sem advogado significa risco de 'inevitáveis prejuízos' diz o presidente da Ordem, Mansour Karmouche

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 12:00 - em: Principal

Com a possibilidade de o cidadão poder recorrer à Justiça sem necessidade de advogado para ajuizar ação em Juizados Especiais quando o valor da causa não exceder 20 salários mínimos, recém anunciada pelo Judiciário de MS, a OAB-MS divulgou nota hoje alertando que recorrer ao serviço por conta própria, sem conhecimento técnico jurídico e da legislação, pode acarretar prejuízos. O presidente estadual da Ordem, Mansour Karmouche, diz que a "presença de advogado em qualquer ato jurídico é uma segurança para o cidadão" e alerta que mover algum ato na Justiça sem advogado gera risco de "inevitáveis prejuízos". A nota cita pesquisa da OAB de Goiás apontando que consumidor, sem advogado constituído, tem indenizações menores em suas demandas. "Em Goiânia, a diferença foi exorbitante, de R$ 316,80 para R$ 8.840,71. Ou seja, condenações 27 vezes maiores em ações com advogados". Leia aqui a íntegra.




Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 11:15 - em: Principal




Paulo Silvino trajando personagem nos anos 60 e sendo entrevistado no programa Altas Horas da TV Globo

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 10:30 - em: Principal

Morreu aos 78 anos hoje o ator Paulo Silvino, em sua casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que lutava contra um câncer no estômago. Paulo Ricardo Campos Silvino cresceu nas coxias do teatro e nos bastidores do rádio onde, menino, acompanhava seu pai, o comediante Silvério Silvino Neto, conhecido por realizar paródias de figuras públicas no Brasil nas décadas de 1940 e 1950.
 
"Com seis, sete anos de idade, frequentava os teatros de revista nos quais o papai participava. Ele contracenava com pessoas que vieram a ser meus colegas depois, como o Costinha, a Dercy Gonçalves", disse em entrevista ao Memória Globo, o ator, cuja mãe, Noêmia Campos, era pianista e professora. 
 
Conhecido nos últimos anos na TV Globo como o personagem porteiro "Severino" que ficava analisando "cara e crachá" no programa Zorra Total (1999), Paulo Silvino se destacou em programas outros programas de humor como Balança Mas Não (1968), Faça Humor, Não Faça Guerra (1970), Satiricom (1973), Planeta dos Homens (1976) e Viva o Gordo (1981). O filho mais novo do ator, João Paulo Silvino, lamentou a morte do pai nas redes sociais. "Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado".
 
(Com G1)



Projeto agrava pena para quem portar ou vender ilegalmente fuzis e outras armas de uso restrito das Forças Armadas

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 09:00 - em: Principal

Projeto que torna crime hediondo o porte ou posse ilegal de fuzis, metralhadoras e, depedendo do calibre das munições, determinadas carabinas e pistolas, armas de uso restrito das Forças Armadas, foi aprovado pela Câmara ontem. O texto fica sendo crime hediondo o tráfico e o comércio ilegal dessas armas no Brasil. De origem do Senado, o texto foi alterado pelos deputados e, por isso, terá de voltar à apreciação dos senadores antes de ir à sanção presidencial.




Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 08:00 - em: Principal

O Estado de S.Paulo - SP
"Estados ‘escondem’ déficit de R$ 30 bi com previdência"
 
O Globo - RJ
"Um em cada três PMs mortos no país é do Rio"
 
Folha de S.Paulo - SP
"Governo eleva rombo fiscal e anuncia pacote de aperto"
 
Correio do Estado - MS
"Marcos Trad mantém contratos suspeitos"
 
O Estado - MS
"Governo federal anuncia corte de R$ 10 no salário-mínimo em 2018"
 
Correio Braziliense - DF
"TCU manda 702 policiais voltarem às ruas do DF"
 
Estado de Minas - MG
"Taxistas se revoltam com liberação de Uber e Cabify"
 
A Tarde - BA
"Câmara adia votação do distritão e fundo eleitoral"
 
Zero Hora - RS
"Pacote do Planalto para ajuste nas contas deve enfrentar reação no Congresso"
 
Diário de Pernambuco - PE
"Alto índice de homicídios assusta pequenas cidades"
 
Diário Catarinense - SC
"UFSC muda regras para ingresso na universidade"
 
Gazeta de Alagoas - AL
"Novo confronto deixa 4 mortos"



Juiz Odilon de Oliveira que trabalha e vive sob segurança permanente da Polícia Federal

Postado por Marco Eusébio , 16 Agosto 2017 às 17:45 - em: Principal

Está em Campo Grande nesta semana equipe da produtora que fez o filme "Polícia Federal - A lei é para todos" sobre a operação Lava Jato (veja aqui o trailer). O objetivo é fazer um documentário sobre o juiz federal Odilon de Oliveira. Conforme me contou o vereador Odilon Júnior, o filme sobre o pai dele vai se chamar "Odilon, réu de si mesmo".




Projeto propõe exibir na internet os condenados por racismo, nos moldes do recém-aprovado Cadastro de Pedófilos

Postado por Marco Eusébio , 16 Agosto 2017 às 16:40 - em: Principal

Depois do Cadastro de Pedófilos que a Secretaria de Justiça e Segurança Pública deve colocar em seu site até o mês que vem, conforme lei proposta pelo deputado Coronel David (PSC) e sancionada pelo governador Azambuja (leia aqui), Mato Grosso do Sul poderá ganhar um Cadastro de Condenados por Racismo ou Ijúria Racial para que a população possa ver, também no site da Sejusp, quem são os autores desse tipo de crimes no estado. Projeto neste sentido foi apresentado hoje na Assembleia pelo deputado estadual Amarildo Cruz (PT). "É uma maneira de tentar reduzir o crime de racismo aqui em Mato Grosso do Sul, que muitas vezes passa como uma brincadeira, mas que na verdade atinge muitas pessoas, causando traumas e problemas irreversíveis ao longo da vida", justificou Amarildo.




Romero Jucá diz que vai apresentar o 'novo' nome hoje ao TSE para o PMDB voltar a ser 'movimento'

Postado por Marco Eusébio , 16 Agosto 2017 às 15:15 - em: Principal

Na onda das siglas de tirar "partido" do nome, o PMDB quer voltar a ser MDB. Depois de reunião da cúpula, o presidente nacional do partido, senador Romero Jucá, anunciou que deve comunicar ainda hoje ao TSE a mudança de nome, antes mesmo de a ideia ser aprovada em convenção. Ou seja, mudança de cima para baixo, sem mudar sua essência. 
 
Juca alegou à imprensa que é hora de "deixar de ser partido e ser um movimento" e rebateu críticas de que o PMDB vai mudar de nome para se esconder. "Não é verdade. Estamos resgatando nossa memória histórica. Queremos realmente ganhar as ruas" declarou Jucá. 
 
Acontece que a diferença hoje do MDB de 1966 e 1979 para o que querem criar é que o antigo Movimento Democrático Brasileiro lutava contra a ditadura pela volta da democracia. Mas, já faz tempo, isso deixou de fazer sentido. 
 
A luta dos sem-partido atual é contra a corrupção que, se já existia antes, se tornou desenfreada de lá pra cá. Como tem mostrado operações como a Lava Jato que tem entre seus principais alvos caciques dos principais partidos políticos da era pós ditadura, como o próprio Jucá.



Lula avança na liderança, mas se petista ficar fora do páreo Bolsonaro vira líder isolado diz o DataPoder360

Postado por Marco Eusébio , 16 Agosto 2017 às 14:30 - em: Principal

Caso Lula seja condenado em segunda instância e impedido pela Lei da Ficha Limpa de disputar as eleições de 2018, ou desista de virar candidato, o índice de indecisos salta de 30% para 40% e Jair Bolsonaro vira líder isolado na preferência do eleitorado. É o que aponta pesquisa do DataPoder360 feita por telefone de sábado (12) até segunda-feira (14) com 2.088 pessoas em 197 cidades e margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos. 
 
Bolsonaro aparece com 27% caso Geraldo Alkmin for candidato do PSDB. O tucano tem 9% e ficaria tecnicamente empatado lá atrás em segundo lugar com Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), ambos com 8%. O ex-prefeito de SP Fernando Haddad (PT) tem só 3%. Brancos e nulos somam 38% e 7% não souberam ou não quiseram responder.
 
Ainda sem Lula, Bolsonaro aparece com 25% se o candidato tucano for João Doria que aparece em com 12%. Neste caso, Ciro fica em terceiro com 9%, Marina com 6% e Haddad com 5%. Brancos e nulos somam 36% e 8% não responderam.
 
SE LULA ESTIVER NA DISPUTA, segue líder e até avançou de julho para agosto no DataPoder360, mesmo depois de condenado pelo juiz Sérgio Moro. Num cenário com Alckmin, o petista passou de 26% para 32% e Bolsonaro de 21% para 25%. O tucano caiu de 10% para 4%, ficando tecnicamente empatado com Ciro que oscilou de 5% para 4% e Marina que desceu de 6% para 3%. Brancos e nulos somaram 23% e 10% não responderam.
 
No cenário com Doria candidato do PSDB, Lula cresceu de 21% para 31%, Bolsonaro caiu de 21% para 18% e o tucano oscilou de 13% para 12%. Ciro oscilou de 4% para 6% e Marina afundou de 12% para 3%. Brancos e nulos somam 23% e 7% não responderam.