Campo Grande, Sábado , 24 de Junho - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


'Juizite' diz juiz de MS ao criticar decisão do CNJ de proibir policiais armados no Judiciário

Fotos CNJ Divulgação e Cleber Gellio/Midiamax Reprodução 'Juizite' diz juiz de MS ao criticar decisão do CNJ de proibir policiais armados no Judiciário
Decisão tomada pelo CNJ foi criticada pelo juiz Odilon de Oliveira

Postado por Marco Eusébio , 18 Março 2017 às 18:45 - em: Principal

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) negou o pedido da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) para acabar com a restrição de acesso e porte de arma de fogo por policiais em audiências e dependências do Judiciário e recomendou aos tribunais que editem resoluções para cumprir a norma em salas de audiência, secretarias, gabinetes ou qualquer repartição judicial quando estiverem na condição de parte ou testemunha. A decisão foi criticada pelo juiz federal Odilon de Oliveira, em Campo Grande. "O CNJ deveria se preocupar com outras coisas. Certamente isto partiu de juizite" afirmou Odilon aqui ao Blog. "Deveria criar mecanismos de aceleração de processos e não ficar perdendo tempo com isto. Policial é policial 24 horas por dia", acrescentou juiz federal.
 



Deixe seu comentário