Campo Grande, Quarta-Feira , 24 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


Decreto barra protestos no Parque dos Poderes e Kemp promete ir até à Justiça

Fotos Sinpol-MS e Deurico/CapitalNews Decreto barra protestos no Parque dos Poderes e Kemp promete ir até à Justiça
Acampamento de policiais civis em frente a Governadoria seria um dos motivos do decreto classificado por Kemp como 'ditatorial'

Postado por Marco Eusébio , 30 Agosto 2017 às 12:20 - em: Principal

Gerou polêmica decreto publicado hoje pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que proíbe uso de aparelhos de som, apitos, queima de fogos, cartazes de propaganda e concentração de pessoas no Parque dos Poderes sem prévia autorização da Secretaria de Governo. A publicação diz que a medida visa "preservar o meio ambiente e a ordem e a segurança pública" na área de preservação ambiental onde estão sediados os três poderes estaduais em Campo Grande, mas sindicatos de servidores classificaram a proibição como censura aos protestos, como o acampamento realizado neste ano pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol-MS) em frente à Governadoria. O deputado estadual Pedro Kemp (PT) anunciou hoje na Assembleia que vai fazer um decreto legislativo para eliminar o trecho que proíbe aglomerações de pessoas sem autorização do governo. Se a proposta não for aprovada, Kemp promete acionar a Justiça contra a medida que classifica como "ditatorial".




Deixe seu comentário